Suporte e Resistência

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Suporte e Resistência

Projeções e Análises

Suporte e Resistência

Suporte e Resistência é uma das técnicas mais utilizadas na análise técnica, um conceito simples de ser compreendido porém difícil de ser dominado. Esta técnica identifica níveis nos quais o preço reagiu no passado, seja revertendo a direção ou diminuindo a intensidade do movimento. A memória de preço nesses níveis pode dar pistas para o comportamento futuro do preço. Existem muitas formas de identificar esses níveis e aplicá-los nos trades. Níveis de suporte e resistência podem ser pontos de reversão identificáveis, áreas de congestão ou níveis psicológicos (números inteiros/arredondados aos quais os traders atribuem significados). Quanto maior o timeframe, mais importantes eles se tornam.

Encontrar os níveis mais importante pode levar muitas horas de prática. Eles existem por causa do afluxo de compradores e vendedores em conjunções importantes. Esses níveis se alternam, ora atuando como suporte, ora como resistência, e podem ser utilizados para determinar a faixa de preços atuais de um mercado, reversões, repiques ou rompimentos. Cada um desses trades tem suas próprias regras de entrada e saída. O TradingView tem uma ferramenta de desenho inteligente que permite aos usuários identificarem visualmente esses níveis em um gráfico.

Suporte e Resistência – Como utilizá-las para ganhar dinheiro no Day Trade

Existem diversas técnicas com as quais conseguimos extrair grana no day trade. Dentre elas, existe uma que é amplamente difundida e utilizada. É a técnica: Suporte e Resistência.

Esse modelo operacional sempre se mostrou poderoso, e com alto grau de assertividade, ou seja, faz a alegria de muitos Traders.

Sendo assim, esse artigo vai te ensinar a identificar os pontos de suporte e resistência, e também mostrar formas de utilizá-los para conseguir melhorar o seu desempenho e vencer no day trade.

Conteúdo desse artigo:

O que é Suporte e Resistência?

Suporte

É um ponto onde o preço teoricamente terá dificuldades em ultrapassar.

Além disso, sua localização é sempre abaixo do preço atual.

Ou seja, é uma região de preço menor que a cotação atual. Sendo assim, são pontos onde operações de compra tem maiores probabilidades de serem vencedoras.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Resistência

É uma faixa de preço, acima da cotação atual, onde possivelmente haverá dificuldades de superação. Ou seja, é um ponto que o preço tende a “respeitar”.

Nesse sentido, operações de venda em resistência tem maiores probabilidades de serem bem-sucedidas.

Como identifico regiões de Suporte e Resistência?

Já de início temos que entender que suporte e resistência não é um ponto específico, não é um preço exato, e sim uma região, onde o preço encontrará dificuldades em ultrapassar.

Dito isso, bora seguir…

Existem muitas formas de encontrarmos pontos de suporte e resistência, porém, primeiro temos que estar cientes de uma regra básica em nossa atividade. É muito importante saber disso.

Portanto, anote essa frase, guarde-a com carinho e não a esqueça:

Isso mesmo, existem regiões de preço que ficam marcados na memória do mercado. Ou melhor, na memória dos participantes.

Ou seja, pontos que eu, você e muitos outros Traders sabemos (mesmo que subconscientemente) que são regiões importantes.

Essa importância se dá por vários motivos, os quais passo a abordar a partir de agora.

Tipos de Suporte e Resistência

Máximas e mínimas dentro de uma oscilação

O mais tradicional ponto de suporte e resistência, facilmente identificável no gráfico. São pontos onde o preço sentiu pressão contrária e recuou, ou seja, não conseguiu ultrapassar.

Na imagem acima vemos que o preço demonstrou claramente que sentiu a região (suporte), e que nesse ponto existe força contrária capaz de repelir o preço, ou seja, evitando a superação da região.

Assim sendo, esses pontos ficam na memória do mercado, e podem ser utilizados em nossas operações.

Veja agora um exemplo onde o preço respeitou a máxima dentro de uma oscilação, ou seja, é uma resistência.

Níveis psicológicos de suporte e resitência

Existem níveis de preço que estão memorizados no nosso subconsciente, são os chamados “bola”.

Ou seja, são os números redondos, cujo último dígito é o zero. (90.000 – 3,900 – 12,30)

Se você perguntar a uma pessoa qual é a cotação do mini índice, ela não vai dizer: 90,025, provavelmente ela vai dizer que está no 90.000, ou 90k.

O mesmo ocorre no mini dólar, a pessoa não irá dizer: 3.902,50, vai dizer 3,9.

Por esse motivo, intuitivamente tendemos a entrar e sair de operações em números redondos, inteiros.

Sendo assim, são níveis de suporte e resistência naturais, e podem ser utilizados na estruturação de nossas operações.

Note a dificuldade que o Mini Índice teve ao chegar no 100.000.

Linhas de Tendência, Canais

Segundo a Teoria de Dow, o preço se movimenta em ondas. Ou seja, movimentos de tendência seguidos de movimentos de correção.

Diante disso, vemos claramente que independente do tipo da tendência (de alta ou de baixa), ao se movimentar, o preço vai formando linhas de tendências e canais.

Essas linhas de tendência e canais são pontos de suporte e resistência, e costumam ser respeitados pelo preço.

Sendo assim, podemos utilizá-las para maximizar nossos ganhos.

Ponto Pivô (Suporte e Resistência)

É um indicador, também chamado de Pivot Point, que nos mostra níveis de suporte e resistência. É calculado levando-se em consideração os preços de abertura, fechamento, máxima e mínima do dia anterior.

Tal indicador está disponível na maioria das plataformas profissionais disponíveis no mercado. S1, S2 e S3 são pontos de suporte. Já R1, R2 e R3 são pontos de resistência.

Assim sendo, é só plotar o indicador no gráfico e operar de acordo com os níveis de suporte e resistência indicados.

Fibonacci

Nosso velho amigo Fibonacci, também disponível na maioria das plataformas. Ele nos mostra os pontos de retração, bem como de expansão.

Nesse sentido, tanto as suas retrações, como as suas expansões podem ser utilizadas como pontos de suporte e resistência.

Volume at Price como suporte e resistência

Quando falamos de níveis de suporte e resistência, logo nos remetemos a pontos visíveis no gráfico. Ou seja, dá a impressão que é uma técnica exclusiva dos operadores de análise técnica.

Pois bem, o Volume at Price mostra que não bem assim, uma vez que, tal ferramenta é utilizada por operadores de Tape Reading e mostra exatamente pontos de suporte e resistência.

Sendo assim, fica mais que provado que, independente da técnica, é possível aplicar os conceitos de suporte e resistência nas operações.

O Volume at Price nos mostra em que regiões de preço houve mais negociações. Ou seja, onde houve maior interesse dos players e onde existiu uma “briga” de preços relevante.

No exemplo acima (mini dólar) está bem claro que no preço 3.993,50 houve uma maior quantidade de lotes negociados, se tornando então ponto de suporte importante.

Mudança de polaridade (Suporte e Resistência)

Além de sabermos identificar pontos de suporte e resistência, temos que entender também como funciona a mudança de polaridade desses pontos.

Mudança de polaridade costuma ocorrer quando algum nível de suporte ou resistência é rompido.

Sim, suportes e resistência são pontos importantes e costumam ser respeitados, mas não são intransponíveis.

Sendo assim, quando ocorre o rompimento desses pontos, pode acontece a mudança de polaridade.

Ou seja, o que era um suporte se torna uma resistência, e a resistência rompida vira suporte.

Existe uma razão lógica para essa mudança, e para você entender melhor, precisa ter em mente alguns conceitos importantes.

Participantes do mercado

Seja qual for a cotação atual de qualquer ativo, sempre existirão quatro participantes.

1 – Os comprados, que estão posicionados, com posição aberta na compra, acreditando na alta do mercado.

2 – Os vendidos, que são os que estão com posição aberta na venda, acreditando na queda do mercado.

3 – Os com intenção de compra. Ou seja, estão de fora, mas com intenção de comprar.

4 – Os com intenção de venda, também estão de fora. Porém com intenção de vender.

Agora imagine a seguinte situação:

Temos o preço subindo e próximo de uma resistência.

Nesse ponto, os comprados têm um ponto de resistência bem próximo, mas estão em vantagem, pois o mercado está subindo e provavelmente seus stops estão no fundo anterior.

Os vendidos estão “passando calor”, pois o preço está vindo contra e seus stops estão muito provavelmente logo acima da resistência.

Os com intenção de venda, estão esperando para vender na resistência.

Por outro lado, os com intenção de compra tentarão forçar o rompimento para saírem no lucro.

Entendendo a mudança de polaridade

Pois bem, nesse momento tudo pode acontecer. Porém, vamos analisar o cenário de rompimento e mudança de polaridade para você entender na prática por que isso acontece.

Então, imagine que o preço chegue até a resistência e rompa.

Isso se dá por dois motivos básicos:

Primeiro por que nesse ponto, nesse momento, a quantidade de compradores foi superior a de vendedores. Ou seja, os compradores venceram momentaneamente.

Segundo, por que as ordens stops dos vendidos foram acionadas. Ou seja, foram acionadas ordens de compra. Pois uma ordem de stop de quem está vendido nada mais é do que uma ordem de compra.

Pois bem, são esses os fatores que fazem o preço romper a resistência.

Você provavelmente já notou que os rompimentos geralmente são movimentos bruscos. E isso ocorre devido à grande quantidade de ordens disparadas nesses pontos.

Mas a mudança de polaridade, por que ocorre?

Vamos lá, após o rompimento temos o seguinte cenário:

Quem estava comprado agora está em uma posição muito confortável.

Por sua vez, quem comprou no rompimento também está no lucro.

A maioria dos vendidos stoparam, e quem vendeu na resistência está em apuros.

O mercado agora mudou, existe alguém no controle, e são os comprados.

Mudança de cenário

O jogo continua, porém, os comprados agora começam a realizar seus lucros, o mercado dá uma recuada (pullback, reteste) e chega na região que era a resistência.

Nesse momento, os que ainda estão vendidos e passando calor vão erguer às mãos para o céu e agradecer o retorno do preço, e vão zerar suas posições. Ou seja, vão disparar ordens de compra.

Os comprados vão comprar ainda mais, uma vez que estão em posição confortável, com um preço médio muito bom.

Já quem está de fora e perdeu a compra no rompimento agora vai entrar comprando.

Ou seja, nesse momento quase não existem vendedores, e a probabilidade de outra perna de alta é bem maior. Vender nesse ponto não é um bom negócio.

Resumo da ópera: o que era uma resistência agora virou um baita suporte, ponto bom de compra.

Rompimento falso de suporte e resistência

Aqui temos uma técnica operacional derivada da técnica suporte e resistência.

Nessa técnica, tentamos identificar rompimentos falsos. Ou seja, o mercado rompe o suporte ou resistência. Porém, não tem força suficiente para continuar e acaba voltando.

Nessa técnica devemos analisar alguns outros fatores como volume no momento do rompimento, agressividade dos players, intensidade das defesas, dentre outros.

Ou seja, devemos analisar como o preço chegou na região e como se comportaram os participantes no momento do rompimento.

Diante disso, no primeiro toque no suporte ou na resistência já temos ideia de como estão atuando os players e então podemos tomar a decisão de comprar, vender ou ficar de fora.

Considerações Finais

Vimos nesse artigo como identificar os pontos de suporte e resistência, bem como quais os melhores pontos de entrada nas operações.

A técnica é lucrativa. Porém, tenho que deixar claro que, como qualquer outra técnica, não tem 100% de assertividade.

Quem me acompanha a mais tempo sabe bem qual é meu posicionamento no que se refere a estratégias. Não existe setup perfeito, não existe Santo Graal, estamos em um mercado de risco.

Sendo assim, reitero o que digo em praticamente todos os artigos desse Blog.

O bom Trader não é aquele que acerta 99% das vezes. Pois se no 1% que perder, ele devolver todo o lucro e mais um pouco, de nada vale a taxa de acerto, vai perder dinheiro.

O Trader lucrativo é o que concilia a taxa de acerto com o risco/ganho. Ou seja, tem que ter obrigatoriamente um gerenciamento de risco ajustado e segui-lo. Caso contrário, não sobreviverá no mercado.

Para auxiliar o Trader nessa caminhada criei a Planilha Day Trade Anual, ferramenta que fornece todas as informações necessárias para que consiga gerenciar suas operações de maneira fácil e segura.

Comprovadamente a melhor planilha de gestão de risco do mercado, a planilha tem ajudado inúmeros Traders a atingirem a consistência.

Garanto que se você seguir a risca o gerenciamento de risco proposto pela planilha, deixará de ser ser perdedor no mercado e conseguirá atingir todos os seus objetivos no Day Trade.

Encerro por aqui, na esperança de que esse artigo te ajude a conquistar a tão sonhada consistência no day trade.

Aproveito e convido-o para visitar meu Canal no YouTube.

Análise Técnica: Suporte e Resistência

Depois de entender o conceito de tendência, os próximos conceitos importantes são Suporte e Resistência. Muitas vezes ouvimos os analistas técnicos falarem sobre a batalha em curso entre touros e ursos, ou a luta entre compradores (demandantes) e vendedores (ofertantes). Ela é revelada pela dificuldade dos preços se moverem para acima (resistência) ou para abaixo (suporte) dessas áreas.

Como você pode ver na figura acima, o suporte é o nível de preços no qual uma ação raramente cai (ilustrado pelas setas azuis). Resistência, por outro lado, é o nível de preços que uma ação raramente sobe (ilustrado pelas setas vermelhas).

Por que isso acontece?

Os níveis de suporte e resistência são vistos como importantes para a psicologia do mercado e a lei da oferta e da procura. Níveis de suporte e resistência são os níveis em que muitos investidores estão dispostos a comprar (no caso de um suporte) ou a vender (no caso de uma resistência) as ações. Quando estas linhas de tendência são quebradas, a oferta, a procura e a psicologia por trás desses movimentos são mudadas e, provavelmente, serão estabelecidos novos níveis de suporte e resistência.

Números Redondos de Suporte e Resistência

Uma característica universal dos suportes e das resistências, e que tende a ser vista em grande número de papéis, são os números arredondados. Números redondos, como 10, 20, 35, 50, 100 e 1000 tendem a ser importantes para os níveis de suporte e de resistência, porque eles, muitas vezes, representam os pontos de virada psicológica em que muitos investidores vão tomar as decisões de compras ou vendas.

Os compradores muitas vezes compram grandes quantidades de ações de uma só vez, o que causa a queda dos preços em direção a um número redondo típico, como US$ 50. Portanto, fica mais difícil as ações caírem abaixo deste nível.

Por outro lado, os vendedores começam a vender ações na direção de um número redondo máximo, tornando-se difícil ultrapassar este nível superior também. É somente com o aumento da pressão de compra e de venda nesses números tradicionais de suporte e resistência que se faz, em muitos casos, os pontos clássicos psicológicos.

Inversão de Papéis

Uma vez que um nível de resistência ou suporte é quebrado, o papel é invertido. Se o preço cai abaixo de um nível de suporte, esse nível será de resistência. Se o preço sobe acima de um nível de resistência, ele se tornará suporte.

Como o preço se move além de um nível de suporte ou resistência, se pensa que a oferta e a demanda se deslocaram, fazendo com que o nível rompido inverta de papel. Porém, para obter uma verdadeira inversão, é importante que o preço faça um rompimento forte no suporte ou na resistência.

Por exemplo, como você pode ver na figura acima, a linha pontilhada é mostrada como um nível de resistência que impede o preço de sair da posição mais elevada em duas ocasiões (pontos 1 e 2). No entanto, uma vez que a resistência é quebrada, torna-se um nível de suporte (indicado pelos pontos 3 e 4), suportando o preço e impedindo-o de ir mais baixo novamente.

Muitos investidores que começam a usar a análise técnica acham este conceito difícil de acreditar e não percebem que esse fenômeno ocorre com certa freqüência, mesmo com algumas das empresas mais conhecidas.

Por exemplo, como você pode ver na figura abaixo, este fenômeno é evidente no gráfico da Wal-Mart Stores Inc. (WMT), entre 2003 e 2006. Observe como o papel muda de nível nos $ 51 de um forte suporte para uma resistência.

Em quase todos os casos, uma ação vai ter tanto um nível de suporte quanto um nível de resistência, e será negociada dentro desta faixa. Isso, geralmente, é visto quando um papel é negociado lateralizado, assim os preços se movem através de sucessivos picos e vales, testando as resistências e os suportes.

A importância de Suporte e Resistência

A análise de suporte e de resistência é uma parte importante do estudo das tendências, porque ela pode ser usada para tomar decisões de investimento e identificar a inversão de uma tendência.

Por exemplo, se um investidor percebe um importante nível de resistência sendo testado várias vezes, mas nunca quebrado, ele pode decidir ter lucros, com os movimentos do papel em relação a este ponto, pois é improvável que o papel irá se mover para fora deste nível.

Níveis de suporte e resistência tanto testam quanto confirmam tendências e precisam ser monitorados por qualquer pessoa que usa análise técnica. Enquanto o preço da ação permanece entre os níveis de suporte e resistência, a tendência provavelmente continuará.

É importante notar, entretanto, que uma quebra para além de um nível de suporte ou resistência nem sempre significa uma reversão. Por exemplo, se os preços se movem acima dos níveis de resistência dentro de uma banda de tendência para cima, pode-se dizer que a tendência se acelerou, mas não foi invertida. Isto significa que a valorização do preço da ação é esperada mais rápido do que a previsão da tendência.

Fique atento aos pontos importantes de suporte e resistência que podem afetar a maneira que a ação é negociada. Os investidores devem evitar fazer ordens nestes pontos, pois a área em torno deles é, normalmente, marcada por muita volatilidade.

Se você se sentir confiante em fazer uma operação perto de um nível de resistência ou suporte, é importante que você siga esta regra simples: não faça pedidos diretamente no nível de suporte ou de resistência, porque, em muitos casos, o preço nunca realmente atinge o número inteiro, mas o flerta.

Então, se você está otimista sobre um papel que está se movendo em direção a um nível de suporte importante, não coloque a ordem no nível de suporte. Ao invés disso, coloque-a acima do nível de suporte, dentro de alguns pontos. Por outro lado, se você está colocando stop loss ou venda a descoberto, configure o preço de trade igual ou inferior ao nível de suporte.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Quanto você pode ganhar em opções binárias?
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: