Opções de ações vs RSU – The Ultimate Guide

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Contents

O uso correto das opções sobre ações em seus investimentos

A maior parte dos investidores que tem seu primeiro contato com as opções, acaba conhecendo e utilizando essa ferramenta do mercado de maneira equivocada e desastrosa – causando prejuízos grandes para o seu patrimônio e correndo riscos excessivos em suas posições.

Aquele discurso de que nos derivativos do mercado financeiro você pode perder tudo e até se endividar, não é mentira!

Mas temos que dizer também que não é algo tão “horrível” assim, já que nos dias atuais, grandes e pequenos investidores assumem exposição ridiculamente arriscada em mini índice e mini dólar, e nem fazem ideia do risco que estão correndo.

No texto de hoje, vamos explicar melhor o que são as opções sobre ações e como você pode se proteger para não cometer esses erros. Confira!

O risco das opções

No primeiro parágrafo, eu quis dizer que o risco não está no mercado de opções ou no mercado futuro e sim na utilização de qualquer uma dessas ferramentas da forma errada.

A simples venda de ações descoberta, por meio do BTC, por si só já possui um risco infinito.

Imagina alavancar isso?

O mercado de opções, assim como qualquer uma das modalidades de investimentos mencionadas acima, se utilizado da maneira correta, se torna extremamente rentável a até mesmo mais seguro que muitos investimentos, e com muita liquidez.

Na minha experiência de quase 10 anos com esse tipo de “ferramenta”, cheguei a conclusão que existem apenas duas formas de utilizar os derivativos do mercado de ações: como estratégia de especulação e como estratégia de investimentos, sem nunca realizar alavancagem em nenhuma das duas formas.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Estratégias especulativas

As estratégias especulativas envolvem a utilização apenas das opções, as famosas travas, borboletas, calendar spread, condor – e mais um monte de nomes estranhos.

Essas são as estratégias onde você sabe exatamente quanto que você pode ganhar desde o início e quanto é o possível prejuízo máximo.

É o tipo de estratégia tudo ou nada, ou seja: ou você tem o lucro estipulado, ou você leva o prejuízo máximo.

Mas não se assuste, pois se esse tipo de estratégia for montada da maneira correta, a relação risco ganho fica sempre positiva, 2 para 1, 3 para 1, 4 para 1.

Isso quer dizer que esse tipo de estratégia deve ser montada sempre buscando, tentando ganhar 2, 3, 4 vezes o seus risco máximo na operação.

Esse é o tipo de estratégia que antes de montar em sua conta, você deve se perguntar:

Qual a relação risco ganho dessa operação?

Opções na modalidade de investimentos

Existe também uma outra forma de utilização das opções, na modalidade de investimento.

Nesse caso, na maior parte das vezes, a compra ou a venda de uma opção está relacionada com a compra ou a venda do ativo objeto.

No caso das opções sobre ações, está sempre relacionada com a compra de ações de VALE3, PETR4, ITUB4 e USIM, por exemplo, podendo estar relacionada com muitas outras diferentes, dependendo do interesse do investidor.

Contudo, a diferença crucial entre esse modelo de estratégia em comparação com a mostrada anteriormente é que, nesse caso, a estratégia de investimento não é tudo ou nada, não se trata de uma operação que pode “ir para o pó”.

Nessa operação, você executa a compra ou venda das opções, e em paralelo, você executa a compra ou a venda das ações, na mesma quantidade ou em quantidades diferentes, dependendo da estratégia.

O fato é que, a montagem desse tipo de operação está muito ligada a necessidade do investidor de proteger sua posição antiga ou nova posição em ações.

Ou de maximizar os lucros da sua carteira de ações, sem elevar sua exposição ao risco de um revés.

Normalmente, nesse seguimento, o investidor monta as operações conhecidas como Fence, Collar, Lançamento Coberto, Delta Hedge e muitos outros nomes desse tipo.

Conclusões

No texto de hoje, quis deixar claro que as opções não são tão assustadoras como muitas pessoas pensam mas, ao mesmo tempo, devem ser pensadas e analisadas com calma por um investidor ou empresa capacitada para realizar esse tipo de investimento com segurança.

Quer saber mais sobre as formas mais rentáveis e seguras de utilizar os derivativos?

Entre em contato com a nossa equipe educacional.

Mercado estrangeiro on-line Salvador

Saturday, 3 March 2020

Opções de ações suíça

Como investir na Suíça.
Invista no porto seguro mais popular do mundo.
A Suíça é um dos destinos de investimento mais seguros do mundo. Da sua neutralidade política ao seu sigilo bancário, o país tem uma reputação de proteger valores. Mas a sua economia forte, a baixa dívida nacional, a baixa inflação e o baixo desemprego tornam-no um destino de investimento relativamente seguro por direito próprio.
Apesar desta popularidade, os investidores devem estar cientes de alguns riscos importantes.
O estatuto de porto seguro do país não é segredo, o que significa que francos suíços e valores mobiliários podem rapidamente tornar-se supervalorizados em tempos de crise. Na verdade, essas ações podem até levar a ações dramáticas do banco central do país, como a decisão de 2020 de vincular o valor do franco ao euro para conter sua ascensão.
Investir na Suíça com ETFs.
A maneira mais fácil de investir na Suíça é através do uso de fundos negociados em bolsa (ETFs), que permitem aos investidores comprar facilmente uma ampla cesta de ativos em um único título. Mas vale a pena notar que alguns desses ETFs não oferecem tanta diversificação quanto outros ETFs internacionais. Por exemplo, apenas três ações compõem mais de 40% do índice iShares MSCI Switzerland, uma vez que é ponderada pela capitalização de mercado.
Os ETFs suíços mais populares incluem:
iShares MSCI Suiça Index Fund ETF (EWL) CurrencyShares Franco Suíço Trust (FXF)
Investir nos ADRs da Suíça.
American Depository Receipts (ADRs) oferecem aos investidores uma outra maneira fácil de investir na Suíça através da compra de ações de empresas individuais nas bolsas dos EUA.
A compra de ações individuais facilita a exposição dos investidores a áreas específicas da economia da Suíça ou empresas individuais dentro do país. E os ETFs podem ser facilmente adquiridos com contas de corretagem nos EUA, uma vez que os valores mobiliários são negociados nas bolsas de valores norte-americanas.
Os três ADRs suíços mais populares incluem:
Nestlé SA (NSRGY) Roche Holding Ltd. (RHHBY) Novartis AG (NVS)
Investir em ações suíças diretamente.
A última e mais difícil opção para investir na Suíça é a compra de ações diretamente em uma das duas principais bolsas de valores da Suíça. A SIX Swiss Exchange é a maior bolsa de valores do país e abriga a maioria das maiores ações, enquanto a Berne eXchange atende a pequenas e médias empresas, bem como o AMEX ou OTC Markets nos EUA.
Os investidores podem encontrar as 20 maiores empresas suíças do Swiss Market Index (SMI), que incluem empresas como Credit Suisse (CSGN), Swiss Re (SREN) e UBS (UBSN), além das três grandes ADRs listadas na seção anterior. Empresas populares no Berne eXchange incluem o Swatch Group, o maior relojoeiro do mundo, e o Valiant, um importante banco regional da Suíça.

Mercado Financeiro Derivativo.
No mercado financeiro derivativo, os produtos (derivativos) são negociados cujos preços são derivados de objetos nos mercados monetários (por exemplo, ações, títulos, índices, moedas). Esses chamados “ativos subjacentes” estão sujeitos a mudanças nos preços de mercado. Os derivativos possibilitam desvincular esses riscos de preço de mercado do ativo subjacente e negociá-los separadamente.
Instrumentos derivativos permitem a transferência de risco: os investidores podem transferir riscos indesejados para outros participantes do mercado mais tolerantes ao risco. Os investimentos reais são comparativamente pequenos quando medidos em relação aos valores envolvidos. Grandes somas podem ser controladas com pouco capital. As flutuações de preço em porcentagem do capital investido são muito maiores do que as flutuações de preço no ativo subjacente. Isso é chamado de “alavancagem”. A negociação de instrumentos derivativos oferece grandes retornos potenciais, mas também implica um grande potencial de perda.
Motivos para o uso de derivativos.
Derivados com perfis de risco simétricos ou assimétricos.
No caso de derivativos com perfis simétricos de risco (transações a prazo incondicionais), as duas partes (comprador e vendedor) concordam que certa quantia do ativo subjacente será entregue a um preço predeterminado em uma data futura predeterminada. As alterações de preço no ativo subjacente resultam em perfis de lucros e perdas de imagem espelhada para o comprador e o vendedor. Derivativos com perfis de risco simétricos incluem futuros, contratos de taxas futuras e swaps.
Derivados com perfis de risco simétricos ou assimétricos.
Derivados com perfis de risco assimétricos (transações a prazo condicionais) tais como opções e produtos similares (warrants, caps, floors etc.) dão ao comprador o direito, mas não o dever, de comprar (chamar) ou vender (colocar) um subjacente ativo dentro de um período contratualmente determinado. A exposição à perda do comprador é, portanto, limitada ao prêmio pago, enquanto o vendedor, teoricamente, tem exposição ilimitada a perda e potencial de lucro limitado.
Derivados negociados em bolsa ou OTC.
Os derivativos são negociados em bolsa de valores ou em mercado de balcão (over-the-counter – OTC). Os derivativos negociados no mercado de balcão não são regulamentados em termos de suas características e cláusulas contratuais.
Os derivativos negociados em bolsa são divididos entre aqueles negociados em uma bolsa de futuros, como Eurex (opções e futuros) e aqueles negociados em um mercado à vista, como a SIX Swiss Exchange. Negociações em bolsa de opções e futuros em uma bolsa de futuros, como Eurex, apresentam contratos padronizados (produtos) e o depósito de margens para fins de negociações tranqüilas.

Stock options suíça
Supondo que você seja residente fiscal na Suíça e receba as opções como empregado na Suíça, as opções geralmente são tributadas em exercício. No entanto, se existe um mercado bem estabelecido para as opções nas ações, então seria considerado que um preço de mercado para eles pode ser estabelecido na concessão, e você seria taxado então. ou seja, bem antes de obter qualquer rendimento potencial!
Supondo que você seja residente fiscal na Suíça e receba as ações como empregado na Suíça, as ações normalmente serão tributadas quando você as receber “livres de restrições”.
Supondo que você seja residente fiscal na Suíça e receba as ações como empregado na Suíça, as ações normalmente serão tributadas quando você as receber “livres de restrições”.
Imposto de renda sobre o valor das ações dadas a você, quando você as receber. São considerados “rendimento do emprego”.

Stock options suíça
Os estatutos são Monatsbericht enth & auml; lt die aktuellsten Kennzahlen zu Handel und Umsatz um SIX Swiss Exchange.
Strukturierte Produkte Marktreport Januar 2020.
A empresa está mais à frente e mais detém na Zahlen zur Entwicklung des Strukturierte Produkte-Segments e SIX Swiss Exchange.
Die wichtigsten & laquo; Strukturierer & raquo; Der Branche.
Jedes Jahr werden die 30 wichtigsten & laquo; K & ouml; pfe & raquo; der Schweizer Struki-Branche gew & auml; hlt. Darunter auch zwei SEIS Swiss Mitarbeiter Exchange.

Suíça: Novo regime para a tributação de esquemas de remuneração de empregados com base na equidade na Suíça.
A nova Lei Federal sobre a Tributação de Esquemas de Remuneração de Funcionários Baseados na Equidade entrará em vigor em 1 de janeiro de 2020. O novo estatuto harmonizará o tempo e o escopo da tributação dos planos de remuneração de empregados em nível federal e eliminará a prática inconsistente aplicada pelas autoridades fiscais nos 26 cantões da Suíça.
No decorrer das últimas décadas, a remuneração dos funcionários baseada em ações tem crescido de forma consistente na Suíça. No entanto, devido à falta de uma base legal clara, os regimes de compensação dos empregados baseados em capital foram tributados apenas com base em circulares emitidas pela Administração Fiscal Federal da Suíça, que foi fortemente influenciada pela prática não consistente das autoridades fiscais cantonais.
Após um processo legislativo que se estende por mais de uma década, o novo Ato Federal de Tributação de Esquemas de Compensação de Empregados Equivalentes finalmente elimina as incertezas da atual prática inconsistente e fornece uma nova base legal para a tributação de benefícios monetários derivados de esquemas de remuneração de empregados. O novo estatuto regula o tempo e o escopo da tributação para tais esquemas que serão implementados na Lei Federal de Tributação Federal Direta (DBG) e na Lei Federal de Harmonização de Impostos (StHG). As alterações legais afetarão os funcionários em relação ao imposto federal direto e ao imposto de renda cobrado pelos cantões. Além disso, o novo estatuto introduz um regime para a tributação de esquemas de compensação de empregados baseados em capital em contextos transfronteiriços. Entrará em vigor em 1 de janeiro de 2020.
Tipos de Esquemas definidos pelo novo Estatuto.
O estatuto estabelece dois tipos de esquemas de compensação baseados em capital:
Os direitos de participação de empregados não qualificados são definidos como direitos potenciais de um empregado para pagamento em dinheiro, que também são referidos como “ações fantasmas”. Tais pagamentos em dinheiro serão tributados como receita do empregado no momento em que forem realmente recebidos. Os direitos de participação dos empregados qualificados são definidos pelos estatutos como títulos de capital (por exemplo, ações, certificados participativos, certificados de participação nos lucros, etc.) que são concedidos aos empregados por um empregador, sua matriz ou outra afiliada ou como opções de ações na aquisição. desses títulos com base em capital.
Tributação de Ações de Empregados.
As ações dos funcionários são divididas pelo novo estatuto em ações de funcionários livres que podem ser descartadas pelo funcionário sem restrições e ações restritas de funcionários que não podem ser descartadas durante um período de tempo limitado.
Correspondendo à prática atual, a tributação para ações de funcionários livres e restritas ocorre mediante a aquisição de tais ações, sendo que a diferença entre o valor de mercado das ações menos o preço de compra (menor) estará sujeita à tributação como receita. Além disso, as ações restritas de funcionários se beneficiam de um desconto de 6% ao ano de restrição sobre o respectivo valor de mercado (durante um período máximo de dez anos).
Tributação de Opções de Ações de Empregados.
O novo estatuto diferencia entre opções de ações de empregados livremente disponíveis e listadas, por um lado, e opções de ações de empregados restritas ou não listadas, por outro lado.
Sob o novo ato, as opções de ações restritas ou não listadas são geralmente tributadas no momento do exercício, onde a renda tributável é definida como a diferença entre o valor de mercado das ações subjacentes (ou outros títulos) e o preço de exercício (e qualquer preço de compra). para a opção, se houver). Do ponto de vista tributário, pode ser desvantajoso para o funcionário que qualquer aumento potencial do valor das ações subjacentes no momento do exercício não possa ser realizado como um ganho de capital isento de impostos (para residentes na Suíça), o que reduz o apelo de tal exercício. instrumentos da perspectiva de um empregado consideravelmente. Por outro lado, o novo regime elimina as desvantagens anteriores para os empregados em situações em que as opções de ações do empregado já tributadas como rendimento no momento da concessão não podem ser exercidas devido a uma perda do valor de mercado das ações subjacentes. O não exercício de opções de ações para empregados restritas ou não listadas não terá nenhuma conseqüência fiscal no futuro.
Apenas as opções de ações de empregados livres e listadas serão tributadas no momento da concessão como receita tributável sob o novo regime. Nesse caso, o empregado será tributado sobre a diferença entre o valor de mercado da opção no momento da concessão e o preço de compra para essa opção de ação. Um aumento do valor dos títulos subjacentes após o exercício da opção resultará em um ganho de capital isento de impostos.
Aspectos Internacionais.
O novo estatuto contém ainda regras sobre a tributação de & # 39; importados & # 39; e & # 39; exportado & # 39; As opções de acções de empregados que, no passado, foram sujeitas a tributação apenas em conformidade com a prática das autoridades fiscais cantonais. O novo estatuto fornece orientação para o tratamento de situações em que um funcionário se muda para a Suíça (ou seja, “importação” de opções) ou deixa de ser um residente da Suíça (& # 39; exportação & # 39;) após concessão, mas antes do exercício de tais opções.
Independentemente da aplicabilidade de quaisquer tratados de dupla tributação, o novo estatuto prevê uma tributação de opções de ações restritas ou não listadas na Suíça na proporção do tempo gasto na Suíça durante todo o período entre a compra e o exercício da opção (tributação proporcional). ). O momento relevante para a tributação será o exercício da opção de ações do empregado.
Para garantir a tributação na Suíça no caso de exportação de opções de ações para empregados, o imposto de renda relevante é estipulado como um imposto de origem a ser retido e pago pelo empregador suíço. Portanto, é de suma importância que os empregadores suíços assegurem tal imposto retido na fonte. As opções exportadas podem ser cobradas ao empregado em questão, pois o pagamento do imposto só será devido após o funcionário em questão ter deixado a residência na Suíça. Em nível federal, o imposto retido na fonte será de 11,5%. Os cantões terão liberdade para determinar suas próprias alíquotas para esse fim.
Obrigações Adicionais do Empregador.
Além do novo estatuto, a nova Portaria sobre Obrigações de Relatórios para Esquemas de Compensação de Empregados com Base na Equidade introduz novas obrigações de reporte para empregadores suíços perante as autoridades fiscais a partir de 1 de janeiro de 2020. A nova portaria também contém provisões para certas questões especiais que não foram consideradas. tratados no estatuto, como a tributação de um lapso prematuro de restrições de venda ou o retorno de ações de funcionários.
Recomendações
O novo quadro jurídico aumenta as exigências dos empregadores e dos departamentos de recursos humanos, devido às novas obrigações de apresentação de relatórios, em especial no que diz respeito a tarefas administrativas. Novos esquemas de compensação de empregados baseados em capital devem ser introduzidos dentro dos limites das novas normas legais e os programas existentes devem ser minuciosamente investigados sobre sua compatibilidade com os novos padrões legais, em particular em contextos internacionais.
O conteúdo deste artigo destina-se a fornecer um guia geral sobre o assunto. Aconselhamento especializado deve ser procurado sobre suas circunstâncias específicas.
Para imprimir este artigo, tudo que você precisa é ser registrado na Mondaq.
Clique para entrar como um usuário existente ou registre-se para poder imprimir este artigo.
“Os artigos são extremamente oportunos e altamente aplicáveis”
“Eu frequentemente encontro informações críticas não disponíveis em outro lugar”
“Como consultor interno, o serviço da Mondaq é de grande valor”

Guia Global de Impostos.
Para Indivíduos Com Compensação De Ações.
Este guia explica a tributação da compensação de ações em 42 países, incluindo as regras sobre imposto de renda, impostos sociais, imposto sobre ganhos de capital, fonte de renda, residência fiscal, imposto de saída e relatório de ativos.
Para fornecer mais recursos, o guia de cada país se conecta ao site da agência tributária nacional e, quando aplicável, ao tratado tributário do país com os Estados Unidos. Os perfis dos países são rotineiramente revisados ​​e atualizados conforme necessário. No final de cada um, o mês da atualização mais recente é fornecido. Não é incomum que as regras tributárias de um país sobre remuneração de ações permaneçam inalteradas por vários anos, de modo que, em alguns países, nenhuma atualização é necessária por longos períodos.
Além da cobertura específica do país neste guia, consulte também uma série de artigos relacionados e uma FAQ sobre tributação internacional em geral para funcionários móveis. Outra FAQ apresenta dados de pesquisas sobre planos de ações fora dos Estados Unidos. Uma FAQ diferente explica os programas de equalização fiscal através dos quais algumas empresas pagam o imposto estrangeiro de empregados em missões internacionais.
Departamento Jurídico, Entegris.
A taxação da remuneração de ações para funcionários móveis pode ser especialmente complexa, especialmente quando eles trabalham em dois ou mais países durante o período de aquisição de prêmios de capital. Em uma pesquisa com empresas multinacionais, 67% dos entrevistados relataram que os funcionários não têm um bom entendimento de como se beneficiar da compensação de capital fora dos Estados Unidos (Pesquisa Global de Incentivos em 2020 da PricewaterhouseCoopers e do NASPP). Nosso Global Tax Guide é um valioso ponto de partida tanto para os participantes do plano de ações quanto para os profissionais de planos de ações que precisam saber sobre a tributação da compensação de ações nos países cobertos.
Procure aconselhamento profissional em situações específicas.
Este guia pode ser um ponto de partida útil e uma ferramenta de pesquisa, fornecendo um quadro geral de referência sobre as leis fiscais em cada país coberto. No entanto, você deve contatar contadores, profissionais de impostos, advogados e / ou departamentos de recursos humanos para aconselhamento sobre situações específicas.
O conteúdo do Global Tax Guide não deve ser interpretado como aconselhamento jurídico, fiscal ou de planejamento financeiro sobre quaisquer fatos ou circunstâncias específicos.

por que investir em opções ao invés de ações?

O mercado de Opções tem ganhado mais adeptos nos últimos anos. E você sabe mesmo o que é Opções de Ações?

As pessoas têm descoberto essa modalidade de investimento, que vai muito além dos tradicionais produtos oferecidos pelos bancos, e que pode vir a incrementar os rendimentos das aplicações.

Mas mesmo com essa abertura do mercado financeiro, as pessoas ainda têm medo de investir o seu dinheiro em Renda Variável, por conta dos riscos. Por isso, o ideal é começar com cautela.

Quando você entender que para operar Opções, não necessariamente, precisa de Ações na carteira, você verá que o universo é totalmente diferente.

Os primeiros passos até chegar em investimento com Opções é conhecendo todo um universo de investimento do mais conservador ao mais agressivo, ou como eu costumo dizer sua carteira de investimento precisa passar por toda alternativas de investimento pata que seja assim, Antifrágil. Porque isso?

Porque, simplesmente, as Opções não é um método totalmente seguro, você opera opções com risco controlado.

Ao construir uma carteira de investimento você usará as Opções para ter ganhos exponenciais e ainda proteger a sua carteira de futuras quedas do mercado.

Se o colapso chegar hoje, você estará preparado?

Então, é super importante que você conheça outros investimento antes de chegar nas Opções.

Poucas pessoas que operam Ações sabem que dentro das ações existem as opções e no que chamamos de Opções de Ações.

Hoje vou te mostrar o mercado das Opções.

Você sabe o que é uma Opção?

Opção é um contrato de direitos e obrigações entre duas partes, que é negociado na Bolsa de Valores.

As negociações dos contratos de opções acontecem por um determinado período, permitindo a compra ou a venda desses contratos, que são atreladas a um lote de ações, por um preço fixado, chamado Preço de exercício ou Strike.

Existem basicamente dois tipos de opções: as de Compra (Calls) e as de Venda (Puts) de um certo Papel-objeto.

As Opções são derivativos e as negociações desses contratos dependem de outros ativos. A principal função desses contratos é o de gerenciar os riscos por certo valor, chamado de prêmio.

Você sabia a primeira relação de Opções não se deu no mercado, mas sim no mundo real? Veja o exemplo a seguir

Suponha que você é convidado para um jantar no sábado à noite e responde: “se der, eu vou”. Nessa situação, você tem a opção de ir, e não a obrigação!

Agora, se você disser: “eu vou, pode me esperar”, você tem a obrigação de ir. E se a pessoa disser: “venha, estou te esperando”, ele tem a obrigação de recebê-lo.

Entendeu? E não para por aí, até mesmo os macacos têm uma relação de opções. Eles, por exemplo, trocam uma banana por um favor!

Tudo isso faz parte do mundo da OPCIONALIDADE!

  • Leia mais sobre a definição de opções neste link:Mercado de Opções
  • CONHEÇA O CURSO: ESTRATÉGIA DO POZINHO.

Comprar Opções ao invés de Ações.

Você que procura algo mais rentável, vai entender e gostar do universo das Opções. Deixa eu te mostrar um exemplo.

Imagine que a ação da Petrobrás esteja custando R$ 20,00 e o investidor espera que a ação alcance R$ 23,00. No caso do mercado reagir positivamente, o investidor pode ter R$ 3.000,00 de lucro.

Como isso acontece? Bem, se ele comprou 1.000 ações, pagando por elas R$ 20.000,00, e conseguiu vender as mesmas por R$ 23.000,00, ele atingiu o lucro esperado.

No caso das Opções é diferente. Veja só:

Se uma Opção de compra da Petrobrás com Strike em R$ 20,00 estiver sendo negociada por volta de R$ 0,50, o investidor pode comprar 1.200 dessas Opções, gastando R$ 600,00 para adquiri-las e montar essa estratégia.

Imagine agora que o papel chegue a R$23,00. Nessa situação, a Opção de compra terá subido de R$ 0,50 para, no mínimo, R$ 3,00.

Se agora o investidor vender as 1.200 opções que ele possui por R$ 3,00 cada, o seu lucro será de R$ 3.600,00 – R$ 600,00 = R$ 3.000,00.

Veja que com as Opções você gasta muito menos para montar sua estratégia e o seu ganho pode ser muito maior do que com as Ações.

Com as Opções, é possível aproveitar o mesmo efeito positivo de um papel, mas com uma exposição financeira bem menor.

Dessa forma, com Opções no lugar de Ações, você tem muito mais vantagens do que desvantagens. Você consegue criar estruturas ou montar posições que podem, diante de certos movimentos do mercado, gerar altos lucros.

Agora, é possível eu me proteger das quedas com Opções?

Claro, você tem que entender que com as Opções é possível fazer proteção na sua carteira de investimentos e para isso você tem que entender o que é uma PUT.

Entender esse tipo de opções é fundamental para o seu investimento.

O que é uma Opção de Venda (PUT)?

Uma PUT permite que ao investidor vender o ativo por um preço fixado, estabelecido no contrato, mesmo que o ativo sofra quedas no futuro.

Quem compra uma PUT tem o direito de vender o ativo objeto pelo strike predeterminado. Quem vende a PUT se obriga a comprar o ativo nas condições determinadas se, no vencimento do contrato, o ativo estiver num preço abaixo do estabelecido em contrato.

O importante é entender que uma PUT é um instrumento fundamental para proteger-se de uma queda.

É com a PUT que você ganha dinheiro na queda!

Vamos ver um exemplo ligado à VALE. Uma pessoa que investiu R$200,00 reais em PUTs de VALE3, face à crise que a empresa enfrentou com o acidente em Brumadinho, poderia ter ganhado 3.600% em cima do valor que investiu!

Veja que mesmo com a desvalorização da Ação, o investidor consegue proteger o seu patrimônio, uma vez que as PUTs valorizaram com a queda do preço do papel.

Não sabe a diferença ainda sobre Opção de Compra e Opção de Venda? Então leia esse artigo que eu explico como funciona:

Nessa estratégia, ao comprar um Put, você espera que o mercado caia, para alavancar a sua operação.

Como você já viu, ao comprar PUTs, vocês está protegendo a sua carteira de Ações.

Você pode comprar PUTs dos papéis que você está comprado ou então comprar de um Índice, como do IBOVESPA (Brasil), ou do UEWZ e do S&P (esses dois últimos só são negociados nos EUA).

Mas, veja que se você tem um portfólio com ações de diversas empresas, terá que comprar PUTs de cada uma delas, vai ser muito complexo para você administrar. Por quê?:

1º porque o operacional vai se tornando mais complicado.

2º porque no Brasil, várias PUTs não tem muita liquidez ou você não vai encontrar certas PUTs.

3º porque analisar e compreender individualmente a volatilidade de cada um dos papéis do seu portfólio é bastante complexo.

  • Leia a solução neste texto: Seguro Carteira.

Outro fator que pode te ajudar a proteger a sua carteira é o Balanceamento Dinâmico.

Esse método que eu criei é ótimo para balancear a sua carteira e saber onde colocar o seu dinheiro no momento certo.

Você tem que estar 80% exposto no conservadorismo e os outros 20% exposto no mais agressivo.

Esse vai ser o método que vai fazer a diferença nos seus ganhos e perdas.

Outras estratégias

Enfim, as Opções também te ajudam a fazer as suas apostas de investimentos mais assertivos.

Por exemplo, caso você acredita que o mercado vá ficar parado e que será um período mais tranquilo, você pode fazer uma operação com Opções, específica para ganhar dinheiro com esse cenário. Mas esse tipo de pensamento e estratégia jamais poderia ser aplicado com Ações.

Agora, se você acha que o papel vai subir devagar, você monta uma operação que ganha especificamente com essas condições, como uma Trava.

As Opções são uma ferramenta que permite deixar suas estratégias muito mais assertivas, com uma margem de segurança, oferecendo ganhos grandes e perdas pequenas.

Achou muito complicado?

Separei um vídeo sobre isso, no qual explico como funciona:

E continue comigo nas minhas redes sociais e no meu canal!

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Quanto você pode ganhar em opções binárias?
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: