Como minimizar os riscos no trading Forex

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Como minimizar os riscos no trading Forex?

Obtenha rentabilidade máxima com os pares adequados e controlando a volatilidade

Se você encontrou no mercado Forex uma alternativa de investimento e deseja saber como obter um retorno mais alto e, acima de tudo, como minimizar os riscos de negociação, neste post tentaremos – na medida de nossas possibilidades – ajudá-lo a fazer isso.

Glossário do conteúdo do artigo:

Mas primeiro, se você vai começar a negociar no mercado Forex, é importante que, como trader inexperiente, entenda como o mercado funciona e que você tenha certeza de que esse mercado é o mais adequado para você.

Os investimentos em Forex oferecem múltiplas possibilidades, mas eles também têm seus riscos, e é importante conhecê-los e levá-los em consideração antes de operar.

O que você deve saber sobre Forex?

Para investir com sucesso em qualquer mercado, é importante conhecê-lo e compreendê-lo. O mercado Forex é o mercado de moedas em que as moedas são trocadas.

Em termos de volume, é o segundo maior mercado, atrás do mercado de taxas de juros. No mercado Forex, os pares de divisas são negociados, e um dos mais populares é o par euro dólar (EUR / USD), embora tenhamos todos os tipos de cruzamentos de divisas.

Especificamente, podemos diferenciar três categorias de pares de moedas: os pares de divisas principais, os pares de divisas menores ou cruzadas e os pares de moedas exóticas.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Em resumo, os pares de divisas principais são basicamente todos os que incluem o dólar americano como moeda base ou moeda cotada. Depois, temos os pares de divisas menores, que são os que excluem o dólar americano.

Por outro lado, existem pares de divisas exóticos que, como você pode imaginar, são aqueles que combinam uma divisa principal com uma moeda de um país economicamente emergente ou menos importante internacionalmente.

Por exemplo, de países asiáticos ou europeus fora da UE.

Quais são os pares mais rentáveis?

Como acabamos de ver, no mercado Forex temos diferentes categorias de pares de moedas e, para obter a máxima rentabilidade, é importante saber quais pares escolher. E, embora essa deva ser sua decisão, indicaremos três pares muito lucrativos.

  1. O par euro-dólar (EUR / USD). Oferece uma margem mais baixa e menos volatilidade
  2. O par libra dólar (GBP / USD). É bastante volátil, mas oferece bons spreads
  3. O par dólar iene (USD / JPY). Oferece boas oportunidades graças aos baixos spreads

Como minimizar o risco na negociação?

O trading em Forex, como qualquer investimento, tem seus riscos. No entanto, alguns são facilmente controláveis ​​e você pode minimizar suas conseqüências. Para controlar os riscos nos investimentos no mercado de câmbio, é importante que você aja da seguinte maneira.

Se você realizar suas operações usando a cabeça e for capaz de seguir certas orientações, é bem provável que você consiga minimizar o risco e obter os resultados esperados.

  • Desde logo, é importante que você defina o preço pelo qual deseja que a posição seja fechada se a operação evoluir desfavoravelmente.
  • Você também deve controlar as operações definindo limites, tanto para perda (Stop-Loss) quanto para lucro (Take-Profit). Basicamente, isso ajudará você a minimizar perdas e maximizar lucros.
  • Em relação às perdas inevitáveis, é importante que você determine um volume e que não exceda 2 ou 3% do capital total do investimento.
  • Da mesma forma, é essencial que você pare para pensar no fator de risco / benefício para decidir se é apropriado ou não abrir uma certa posição

Além de seguir estas diretrizes, a fim de aproveitar a negociação em Forex com os melhores resultados possíveis, também é aconselhável saber como implementar estratégias diferentes.

Quais são as melhores estratégias?

Para investir em Forex e minimizar os riscos, além de contar com spreads para nos ajudar a saber quando iniciar a operação, que quantidade investir e como calcular riscos, também é importante saber como implementar estratégias diferentes.

Para minimizar o risco, uma das estratégias mais usadas é escolher margens de tempo mais longas. Sabemos que os intervalos de minutos são muito mais voláteis, portanto, a escolha de tempos mais longos nos ajudará a reduzir esse fator.

Por outro lado, a determinação de um limite de perdas adequado (Stop-Loss) também nos ajudará a minimizar os riscos, pois, com isso, se um determinado preço é atingido, a operação será fechada automaticamente, protegendo-nos de sofrer mais perdas.

Da mesma forma, é conveniente ter cuidado com a alavancagem e tentar manter os níveis baixos, porque, embora a ideia de operar com mais dinheiro do que o disponível possa ser tentadora, não devemos esquecer que quanto maior a alavancagem, maiores serão as perdas se a tendência mudar bastante. E, neste caso, acredite em mim que você não vai querer perder mais do que tem.

Outra estratégia muito útil, e que muitos traders colocam em prática, é usar a correlação de moedas a seu favor. Como sabemos, as moedas flutuam constantemente e saber como interpretar sua correlação ajudará a minimizar os riscos.

Se a correlação é alta, significa que é mais variável e apresenta um risco maior. Portanto, nesse caso, será mais conveniente procurar um nível mais baixo de correlação e tentar diversificar operando em vários pares com a mesma tendência.

Definitivamente, se você deseja ter sucesso no trading Forex, é essencial entender como o mercado funciona, seguir as diretrizes que indicamos e implementar algumas das estratégias que recomendamos. Isso minimizará os riscos e você obterá mais lucratividade.

Os riscos no Forex: se existe Forex sem um risco?

Os tipos de riscos no Forex. A origem dos riscos de trading e métodos de sua otimização. A diversificação, métodos técnicos de minimização, cobertura marginal. A concepção dum sistema de gestão de riscos.

Os riscos são o primeiro que deverá ser considerado por cada um, quem planeja experimentar na qualidade dum trader/investidor. Os riscos de perder dinheiro, devido à força maior, riscos de cair nas mós dos criadores de mercado que baralham todas as cartas, riscos de cometer simplesmente um erro em análise técnica ou desperceber algo em análise fundamental. É impossível evitar completamente o risco, mas o mesmo pode ser otimizado ou plenamente minimizar. Leia por diante tudo sobre gestão de riscos no Forex e como minimizar/otimizar os riscos de trading em operações e formando uma carteira de investimentos, leia mais.

Os tipos de riscos de trading e como minimizá-los: guia curta para principiantes

Na quinta-feira, em 15 de janeiro de 2020, o Banco Central da Suíça chocou o mercado de moedas, cancelando o limite da cotação cambial do franco em relação ao euro que foi mantido por mais de três anos. Imediatamente após a declaração do Banco Central, a cotação do franco subiu em relação ao dólar dos EUA e ao euro mais de 30%, o mercado de ações suíço, ao contrário, desceu 10%, causou sofrimento dos exportadores. As consequências para os traders foram catastróficas. Aqueles que abriram as posições curtas com o franco suíço (mantinham um par de posições curtas) num instante perderam simplesmente os depósitos, devido à atuação Stop Out (encerramento forçado de posições). As corretoras também não tiveram uma sorte de ser informadas sobre os problemas com liquidez.

No sábado, em 14 de setembro de 2020, as instalações de petróleo da Arábia Saudita foram atacadas por drones, em resultado de que as capacidades, que representam cerca de 50% de capacidades totais do país e realizaram mais de 5% de fornecimentos mundiais de petróleo, foram postos fora de serviço. Com o início de trading na segunda-feira, os contratos futuros de petróleo de marca Brent subiram instantaneamente19-20%. Isto foi um crescimento recorde intra-diário desde a guerra no Golfo Pérsico em 1991. Aqueles que não conseguiram encerrar as operações curtas antes do fim de semana, não tiveram sorte.

Ambos os exemplos acima são os riscos de trading. É impossível prevê-los completamente, portanto, como sempre, permanece a probabilidade de força maior. Mas possível minimizar. Além disso, com crescimento de risco, a probabilidade de lucro aumenta também. Tomamos o mesmo exemplo com o petróleo: se os traders com posições curtas receberam os prejuízos, aqueles que contar com o crescimento, ganharam 20% em 1 dia.

Nesta revista, você aprenderá:

Quais são os riscos de trading e quais são?

Os métodos de minimização dos riscos de trading, tipos de diversificação de carteira de investimentos.

Nesta revista, tinha tentado mostrar duas faces principais da minimização de riscos: erros em aplicação de análise técnica e riscos gerais no trading ou criando uma carteira de investimentos. A opinião é parcialmente subjetiva, por isso, proponho abordá-la criticamente e discutir o artigo nos comentários!

Aprendemos a minimizar os riscos de trading e proteger seus investimentos

Existem muitas classificações de riscos no trading, não há diferenciação áspera. Além disso, nas diferentes fontes está usada distinta terminologia que também, introduz alguma confusão.

Os tipos de riscos no trading:

  • Os riscos de trading. O risco de prejuízo, devido aos fatores de mercado que influem à direção de movimento do preço e também, por causa de erro de análise (previsão) da situação de mercado
  • Os riscos técnicos. Os riscos de prejuízo, devido aos problemas técnicos: funcionamento lento da plataforma, falha das ordens, trapaça por parte de corretora etc.
  • Os riscos psicológicos (comportamentais). O risco de erro, devido ao estado emocional duma pessoa: entusiasmo, fadiga, euforia, cobiça etc.

Vou analisar apenas os riscos de trading.

Os riscos de trading são a incerteza de futuras alterações do preço sob a influência de fatores de mercado e não de mercado. Realmente, em caso de posição já aberta, o trader tem apenas um risco, o erro de determinar a direção do movimento do preço. Se o preço foi na direção oposta à posição aberta, o trader recebe um prejuízo.

Se a posição ainda não foi aberta, o risco de trading consiste no erro de prever a direção da tendência ou sua reversão. Noto que não existe uma definição clara do termo “tendência”, por isso, seu entendimento é subjetivo pelos traders. O trader determina por si mesmo o valor da amplitude crítica (reversão de preço) que é chamada de limite de risco e depende do montante de dinheiro em depósito. Em outras palavras, um trader está pronto para resistir, por exemplo, uma cedência de 100 pontos, outro – 20 pontos. Cada determina o nível (limite) de risco para si mesmo, mas para isto precisa entender a natureza de sua origem.

A natureza de aparecimento dos riscos de trading:

  • O erro na análise e previsão. Qualquer publicação de informações estatísticas, relatório ou resultados de reunião do SRF, dos Bancos Centrais etc., têm uma consequência. A única questão é se o investidor avaliou corretamente a importância desta ou daquela notícia? E se justificaram as previsões da maioria? Estes e outros fatores que o trader deve levar em conta na previsão. E os erros são bastante frequentes. Também, frequentemente o trader perde algo, esquece de prever, por causa de que comete um erro na previsão.
  • Força maior. O mesmo pode tornar-se qualquer forma: decisão política inesperada, desastre industrial, ataque terrorista, descoberta de novos jazigos de minérios, entrada no mercado de novo produto que não foi anunciado anteriormente, falência repentina. Força maior pode ter tanto as consequências instantâneas, como também de longa duração. Como os exemplos de força maior de longo prazo podem ser indicados a falência das companhias “dot com (.com)” e crise hipotecaria nos EUA que se tornou mundial. A propósito, existem aqueles que conseguiram ganhar com a crise hipotecaria. (Eu recomendo ver o filme “A grande aposta” (em inglês: The Big Short), onde esta situação é bem descrita).
  • O fator humano. O erro na interpretação de padrões, sinais, devido a fadiga, desatento etc.

Mais uma classificação prevê uma separação simplificada das causas dos riscos de trading nos riscos de erros de previsão em análises técnica, fundamental e fator humano. As causas de riscos fundamentais já enumerei acima no ponto “Força Maior”, abordarei mais detalhadamente aos riscos que aparecem, devido aos erros na análise técnica.

1. Alta volatilidade no momento de abertura da operação. Quanto maior a volatilidade, maior a amplitude do movimento do preço, ou seja, maior e mais rápido pode ganhar com isso. Parece lógico, mas o risco é em avaliação desta volatilidade, porque no movimento inverso do preço pode perder mais do que ganhar. Os dados do indicador são subjetivos, como também os dados de calculadora de volatilidade.

Conselho. Determine a volatilidade visualmente. O corredor de preço pode ser determinado pela amplitude entre extremos fractais opostos ou pelo ajuntamento de velas. Para iniciar, poderá praticar-se com os dados históricos. Será difícil para principiantes fazer isto em primeiros tempos (sei com sua própria experiência). Portanto, o segundo conselho é: volatilidade elevada, distinta de média diária, se observa em momentos de aparecimento de fatores fundamentais. Simplesmente não abra as posições nestes momentos.

2.O trading de níveis. A estratégia de trading para operação conforme os níveis é individual: alguém abre as posições “para repercussão”, alguém – “para quebra”. Para alguém, isto é um limitador de prejuízo. À volta de níveis fractais ocorre a formação da “Zona de turbulência” – uma zona na qual o preço em intervalos de tempo curtos move-se em diferentes direções com uma amplitude relativamente pequena. A previsão de movimento do preço nesta zona é ineficaz.

O conselho: use os níveis apenas como um ponto de referência. Abra as operações fora de níveis e tente evitar a colocação nos níveis de resistência e apoio das ordens Stop, porque grandes traders (formadores de mercado, que serão discutidos abaixo) podem tirar proveito disso. Se a posição já está aberta na direção de níveis, é melhor encerrá-la até de ser alcançado. Em caso contrário, é possível uma repercussão com deslizamento que vai piorando o resultado.

Realmente, a questão consistir em determinação, se a quebra/repercussão de nível é verdadeira (de tendência) ou falsa (correção). Há razão de correr riscos?

3.A abertura de operações nas áreas de sobrevalorização e desvalorização. Trata-se de risco de entrar na rabeira de tendência em finalização. O erro clássico é tentar “pular para última carruagem do trem partindo”. Ou seja, abrir uma posição (e depois, possivelmente, vários mais) no momento, quando, por exemplo, a tendência ascendente já acelerou. No pico do crescimento, os grandes jogadores encerram as posições, “cortando o pelo dos cricetos”.

Parece lógico usar o mesmo RSI ou Estocástico, mas para minimizar o risco, os mesmos são ineficazes: mesmos frequentemente atrasam, revertem-se nas próprias áreas etc. Portanto, mesmo usando os indicadores especiais para determinar as áreas, o trader arrisca de cometer um erro na previsão.

Conselho. Determinamos os sinais de desaceleração da tendência da seguinte forma. Comparamos as amplitudes de três troços fractais vizinhos no intervalo de tempo M1 (nele, a desaceleração da tendência é vista anteriormente). Se uma diminuição na amplitude é visível (a amplitude de cada fractal seguinte diminui), podemos dizer que a tendência se esgotou.

E o conselho mais razoável e simples: entre no início da tendência e não tente seguir a multidão. Tenha cuidado com a interpretação de sinais dos indicadores, pois não existem os indicadores seguros.

4.A abertura de operações no momento de ausência de tendência patente claro. Trata-se de situações, quando o trader percebe uma correção ou um salto de preço local como o início de movimento de tendência que frequentemente é observado em flat. É difícil, especialmente sem experiência, determinar visualmente o limite de flat, porque o mesmo não tem um início e fim claros.

Conselho. Proponho prestar novamente à comparação de amplitude do movimento de preço dentro do flat. Se aparece um movimento com uma amplitude em intervalos de tempo curto que se desvia significativamente de valor médio, deve preparar-se. Não se apresse entrar no mercado, o primeiro movimento pode ser uma correção. Analise vários intervalos de tempo de uma vez: sinalético (M1-M5) e confirmados (intervalos superiores).

Infelizmente, não há conselho ideal sobre a redução de riscos nesta situação. Existe o risco tanto de cometer um erro ao determinar a tendência, como também atrasar com um ponto de entrada bem-sucedido, em caso desta for confirmada.

5. Os erros na seleção dos parâmetros dos indicadores. A consequência é uma interpretação incorreta dos sinais.

Conselho. Antes de lançar o indicador com os parâmetros selecionados numa conta real, examine o sistema (testador МТ4, FxBlue). Mais detalhadamente sobre o exame e optimização de estratégias, leia nesta revista.

6. A aplicação de ordens pendentes. As ordens pendentes são usadas em táticas criadas na abertura de posições, quando o preço abandona a zona de consolidação. As ordens são colocadas em lados diferentes, contando com uma de mesmas funcionará. A essência do risco é que o local de colocação da ordem pendente é determinado de maneira mais intuitiva e não tem nada comum com a dinâmica do preço. A distância é calculada, por exemplo, em percentagem de valor médio do movimento de cotações na zona de consolidação. Existe o risco de que o preço abandonará a zona, tocará a ordem e depois começará o movimento na direção oposta.

Conselho: evite a estratégia de trading conforme as ordens pendentes com fim de reduzir o risco.

7.A descida brusca das cotações sob a condição de abertura duma posição longa. Existem exemplos, quando o preço se mudou 500-1000 pontos em minutos contados. É lógico que poucas pessoas tiveram tempo para reagir e mais ainda, tomar uma decisão para realizar uma operação.

Conselho. Utilize as ordens Stop.

8.As ações dos formadores de mercado. Um trader privado é apenas um peão num grande jogo. Os formadores de mercado são grandes jogadores que são capazes de influir às cotações com seu capital na direção necessária para eles. Eles podem formar segundo plano de informações prévio necessário, manipulando os fóruns e outros recursos com previsões, análises e informações mediante de meios de comunicação social.

Mas não é só esta principal arma deles. Eles podem ver os locais de ajuntamentos de vendedores e compradores, ou seja, as ordens Stop colocadas antecipadamente e ordens limitadas. Como mostra a prática, a maioria dos traders coloca as ordens Stop em área de extremos locais, se vinculam aos fortes ou maiores níveis de apoio/resistência. As ordens pendentes também podem ser colocadas lá. Os formadores de mercado agem contra a multidão, empurrando o preço às zonas de ajuntamento de ordens, em resultado de que contrariamente às previsões, a metade dos traders tem as ordens realizadas.

Exemplo. O formador de mercado deseja vender a moeda por preço mais alto e atraente. Ele vê acima das cotações atuais (a linha horizontal verde na captura de tela abaixo) os locais de ajuntamento de ordens Stop que são essencialmente as solicitações para a compra. Por outro lado, o formador de mercado vê no mesmo nível um ajuntamento de limitadores que não permitirá ao preço subir ainda mais (equilíbrio de volumes).

Com pequenas solicitações, ele empurra o preço para cima até o nível necessário, após de que satisfaz seus volumes para a venda à conta de solicitações para a compra (Stop Loss). Considerando o número de resposta de solicitações para posições curtas, é pouco provável que o preço subirá ainda mais.

Conselho. Resistir aos formadores de mercado é absurdamente. Portanto, precisa aprender a determinar potenciais zonas de ajuntamento de ordens e tentar-se evitá-las. Também, considerando que os indicadores não podem prever as ações repentinas dos formadores de mercado. Por isso, faz sentido focar menos nos indicadores e prestar mais atenção aos níveis, padrões e informações bolseira (volumes, oscilador de ordens).

Se você pode oferecer mais quaisquer riscos potenciais de análise técnica, escreva nos comentários. Vamos procurar as opções para minimizá-los e otimizá-los junto.

Em relação à redução de riscos do erro de previsão na análise fundamental, existem poucas recomendações aqui:

  • Não confie cegamente que está escrito nos meios de comunicação social, especialmente às previsões do “autor”. Apoiar-se em estatísticas oficiais de agências de notícias e recursos oficiais.
  • Use as ferramentas analíticas auxiliares: Agendas económicas, capturas de tela das ações.
  • Avalie as estatísticas em dinâmica comparando-as com as expectativas dos analistas e com os resultados de períodos anteriores.

E esteja preparado para reagir instantaneamente à força maior.

A cobertura marginal e abertura de posições opostas como um método de seguro se riscos

A cobertura marginal e abertura de posições opostas significam essencialmente a mesma coisa, a criação tal chamada posição bloqueada, ou seja, a abertura duas posições em direções opostas (não entrarei na diferença principal entre os mesmos, a essência é a mesma). Suponhamos que um trader abreu uma posição longa, mas o preço tenha descido. O trader abre a posição oposta com mesmo volume. O prejuízo com primeira posição é compensado pelo lucro com segunda.

A vantagem de abertura de posições opostas:

  • Com a colocação correta das “posições bloqueadas” e seu desbloqueio oportuno (anulação duma posição prejudicial ou de seguro), com isto pode ganhar. Existe uma estratégia de trading conforme a rede de ordens.
  • A abertura de posições opostas permite dirigir prejuízo flutuante que não afeta o balanço e não estraga estatística de trading.

A abertura de posições opostas tem único desvantagem: com a abertura e encerramento inexperiente das posições de segurança e básicas, o trader sofrerá um prejuízo rapidamente tanto com posições, como com spread. Portanto, a abertura de posições opostas para um trader principiante pertence à categoria de instrumentos de alto risco, por analogia com a martingale, enquanto a abertura de posições opostas e cobertura marginal nas mãos dum profissional é um método para segurar as operações prejudiciais.

A estratégia e regras de abertura de posições opostas vale a pena destacar num artigo separado. E se isto está necessário, escreva sobre isto nos comentários.

Como minimizar os riscos de trading (recomendações gerais para uma carteira de investimentos)

1.Diversificação. Por enquanto, não existe melhor recomendação como proteger os investimentos de riscos de trading. Mas somente a capacidade de diversificar adequadamente uma carteira de investimentos e realizar periodicamente um equilíbrio desta são um tipo de arte.

Os tipos de diversificação:

  • A separação por ativos. A forma mais evidente de diversificação. Além disso, a distribuição dentro duma carteira poderá ser não apenas por diferentes pares de moedas ou ações, mas também, usando os depósitos, metais preciosos, criptomoedas, antiguidades, imóveis etc.
  • A diversificação por nível de riscos. Existem ativos que, em caso de força maior, ao contrário, tornam-se mais caros (por exemplo, o ouro). Existem ativos que, mesmo em caso de flutuações bruscas do mercado, quase não mudam de preço. Existem ativos com uma volatilidade de 5% por dia. A distribuição de investimentos entre os ativos com diferentes níveis de volatilidade, risco (e respectivamente, a rentabilidade) é a diversificação de riscos. Aconselho a ler artigo sobre os ativos de proteção.
  • A diversificação institucional. Aqui, se trata uma cooperação com várias contrapartes: diferentes corretoras, Forex e bolsas, gestão fiduciária etc. Se em caso de força maior (o exemplo com o franco suíço), uma contraparte irá à bancarrota, você poderá retirar desde segunda pelo menos restante dinheiro.
  • A diversificação aplicada. A distribuição de investimentos entre as estratégias com diferentes níveis de risco: martingale e táticas conservadoras, escalpamento e estratégias de longo prazo, trading manual e algorítmico.
  • A diversificação estatística. Trata-se de correlação direta e inversa. Por exemplo, os contratos futuros de milho e trigo frequentemente têm a mesma direção de preço, USD e ouro têm a diferente. Uma carteira com ativos correlacionados inversos será menos lucrativa, senão mais segura, porque em momento de queda do preço dum ativo, o aumento do preço de outro recompensará as perdas.

A diversificação de investimentos é limitada apenas pela imaginação de pessoa e sua capacidade de sentir e analisar o mercado. Também, a vocação para arriscar, porque quanto maior é o risco, mais é um lucro eventual. Por isso, os riscos de trading são entrelaçados frequentemente com os riscos psicológicos.

2. O seguro técnico de risco de trading:

A colocação de ordem Stop Loss. Aqui é oportuna uma comparação com motoristas que, por algum motivo, ignoram a regra obrigatória de pôr o cinto de segurança. É difícil dizer, com que as pessoas são guiadas, que não usam as ferramentas de proteção. Por um lado, os formadores de mercado conhecem os locais de orientação de acumulação de ordens Stop e especialmente empurram as cotações para apanhá-las. Por outro lado, mesmo a ordem Stop salva de ruptura que surgiu em caso de força maior. E mais um argumento: num mercado volátil, um trader pode simplesmente não ter tempo para reagir a alteração brusca de preço, mas uma ordem Stop Loss salva frequentemente a situação.

O encerramento de operações antes do fim de semana. Às vezes, a situação no mercado Forex se muda radicalmente durante uma hora. Em dias úteis (suponhamos que um trader trabalha 24 horas por dia), ainda pode ter tempo para reagir à força maior. Mas o fim de semana, quando os mercados estão fechados, pode trazer as surpresas desagradáveis. Um exemplo, os ataques de drones sobre Arábia Saudita. E ainda pior, se o mercado abre com uma ruptura, após o fim de semana (ruptura de preços).

A utilização moderada de alavancagem. Tudo é lógico. Na alavancagem longa, uma pequena força maior é suficiente para encerrar-se com stop-out.

O cálculo de volume do lote em conformidade com o volume do seu depósito, nível de risco de operação e o de depósito e outros fatores. Mais sobre isto neste artigo.

Conclusão. As estratégias Forex não existem sem risco. Se os riscos de trading no Forex terão que ser minimizados? A minha opinião é que não. Aqueles que desejam minimizar os riscos, podem não praticar o trading de modo nenhum, investindo dinheiro em um depósito. Os riscos precisam ser otimizados, avaliando adequadamente suas habilidades e possibilidade de aceitar os prejuízos. A política de restrição de riscos e o seu equilíbrio é uma política de gestão de riscos, cuja concepção é obrigatória antes de iniciar o trading numa conta real. Somente você pode conceber um sistema de gestão de riscos, porque aqui não existem as sugestões obrigatórias uniformes. Espero que os links apresentados nesta revista, ajudarão a vocês até um certo ponto elaborar própria política de otimização de riscos.

Ficou com as dúvidas, tem uma sugestão, está em desacordo ou gostaria de adicionar algo: deixe os comentários! Desejo a vocês um trading bem-sucedido!

P.S. Gostou de meu artigo? Compartilhe-lo em redes sociais, isto será melhor agradecimento :)

Faça as perguntas e deixe abaixo os comentários sobre material. Responderei com prazer e darei as explicações necessárias.

Links úteis:

  • Recomendo experimentar o trading com corretora de confiança aqui. O sistema permite a operar individualmente ou copiar operações dos traders bem-sucedidos de todo o mundo.
  • Use meu código promocional BLOG para obter o bônus 50% sobre depósito de LiteForex. Simplesmente, é preciso digitar o código promocional no respetivo campo, depositando de conta em plataforma LiteForex e o bônus será creditado simultaneamente com o depósito.
  • O chat de traders com análise excelente, revistas Forex, artigos didáticos e outros materiais úteis para traders. https://t.me/liteforexbrazil. Compartilhamos os sinais e experiências.

O conteúdo deste artigo é exclusivamente a opinião particular do autor e pode não está coincidir com a posição oficial da LiteForex. Os materiais a publicar nesta página, são fornecidos exclusivamente com os fins informativos e não poderão ser considerados com um conselho sobre investimentos, nem como uma consulta para objetivos de Diretiva 2004/39/UE.

Como Minimizar Riscos no Mercado Financeiro ou Forex

Reguladores de mercado financeiro.
Como minimizar riscos no mercado financeiro ou forex

” data-medium-file=”https://i2.wp.com/www.negociosmundiais.com/wp-content/uploads/2020/10/riscos-de-fraude-no-mercado-financeiro-ou-forex.jpg?fit=300%2C199″ data-large-file=”https://i2.wp.com/www.negociosmundiais.com/wp-content/uploads/2020/10/riscos-de-fraude-no-mercado-financeiro-ou-forex.jpg?fit=800%2C533″ src=”https://i2.wp.com/www.negociosmundiais.com/wp-content/uploads/2020/10/riscos-de-fraude-no-mercado-financeiro-ou-forex.jpg?resize=150%2C150″ alt=”riscos de fraude no mercado financeiro ou forex” width=”150″ height=”150″ srcset=”https://i2.wp.com/www.negociosmundiais.com/wp-content/uploads/2020/10/riscos-de-fraude-no-mercado-financeiro-ou-forex.jpg?resize=150%2C150 150w, https://i2.wp.com/www.negociosmundiais.com/wp-content/uploads/2020/10/riscos-de-fraude-no-mercado-financeiro-ou-forex.jpg?resize=50%2C50 50w, https://i2.wp.com/www.negociosmundiais.com/wp-content/uploads/2020/10/riscos-de-fraude-no-mercado-financeiro-ou-forex.jpg?zoom=2&resize=150%2C150 300w, https://i2.wp.com/www.negociosmundiais.com/wp-content/uploads/2020/10/riscos-de-fraude-no-mercado-financeiro-ou-forex.jpg?zoom=3&resize=150%2C150 450w” sizes=”(max-width: 150px) 100vw, 150px” data-recalc-dims=”1″ />

Investir no mercado financeiro e ou mercado de divisas forex não é para todos. É uma oportunidade de negócios muito arriscada principalmente para quem não tenha prática ou não esteja habituado com o mecanismo deste mercado.

Estudos de reguladores internacionais comprovam que mais de metade dos investidores deste mercado perde dinheiro a médio e longo prazo.

Negociar este mercado requer aprendizagem e orientação, e muitos que aventuram-se a negociá-lo fazem-no sem qualquer formação especializada e encaram-no como mais uma oportunidade de jogo, por isso dá em prejuízo.

Mas o que é o mercado financeiro ou Forex? Como funciona? Quais serão seus ganhos? Os seus riscos… Essas empresas poderão falir?

Essas são perguntas que eu me fiz antes de entrar e conhecer a empresa com que eu trabalho, (veja aqui como eu comecei nessa empresa). Provavelmente, você também deve estar-se a fazer essas perguntas.

O mercado de divisas forex apresenta algumas características únicas, diferentes do resto do mercado financeiro como as acções.

O forex é um negócio tendencialmente de soma positiva/negativa. Ao contrário do resto mercado financeiro, as ações das empresas que em períodos de crescimento económico apresentarem resultados positivos, geram riqueza e valor para os seus acionistas. No forex há transferência de riqueza. Se um investidor ganha, a contraparte perde o mesmo montante e pelo meio, ainda existem custos relacionados com as comissões da corretora.

Oscilações inesperadas no câmbio do par negociado, associado a elevadas alavancagens, podem originar perdas súbitas de todo o capital investido e em situações limites ficar com uma posição devedora junto do intermediário financeiro.

Como minimizar os riscos do mercado financeiro e forex?

Para ter o mínimo de risco e o máximo de segurança no mercado financeiro normal da bolsa ou no mercado forex temos saber escolher a empresa de corretagem ideal e que esteja 100% legalizada. Outro aspecto a ter em conta é a idade da empresa, ou seja as provas dadas neste mercado para não correr o risco dessa empresa falir

Se optar por negociar online através de corretoras internacionais, existe também o risco de negociar com uma empresa fraudulenta. Existem muitos websites que oferecem serviços de corretagem em forex, mas que na verdade não passam de fraudes. Se depositar num desses websites, o mais certo é nunca mais conseguir readquirir o seu dinheiro. Certifique-se se a entidade está registada no regulador do país de origem e se tem licença para operar no seu país.

Por exemplo, se for uma empresa Americana, tem que estar registada na Commodity Futures Trading Commission (CFTC). Já uma com sede no Reino Unido, tem que estar registada na Financial Services Authority (FSA) e fazer parte da lista de empresas afiliadas sujeitas à supervisão regulatória que podem oferecer serviços financeiros nos Estados-Membros da União Europeia.

É preciso ter muito cuidado e mão acreditar em promessas milagrosas, existem muitas empresas na internet que oferecem X % ao dia e falam que irão fazer-nos ficar ricos de um dia para o outro, ou dominar esta atividade com um ROBOT que eles querem vender a todo custo, depois de ter uma formação de algumas horas em vídeo. Isso não existe… Ou esquemas de investimentos com rentabilidades garantidas de X por mês, também não… Não se iluda, aqui na internet também ninguém dá nada a ninguém…

Como qualquer outro Empreendimento no mercado financeiro ou em forex, existem os bons participantes e os maus participantes, e é por isso que a regulamentação destes participantes é controlada por várias entidades mundiais como a FSA e a CFTC, Etc. Temos é de saber ao que vamos, escolher os nossos parceiros e o que esperar desta actividade.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Quanto você pode ganhar em opções binárias?
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: