Abi Robot – opiniões sobre a melhor ferramenta de automação de negociação

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Abi Robot – opiniões sobre a melhor ferramenta de automação de negociação

Conforme vimos no primeiro artigo da série sobre RPA, a tecnologia desperta cada vez mais o interesse de gestores em todo mundo pela possibilidade real de automatizar tarefas repetitivas, reduzindo o trabalho manual e consequentemente reduzindo custos, liberando seres humanos para tarefas de maior valor como atendimento ao cliente ou planejamento estratégico. Neste segundo artigo da série vamos discutir sobre as 7 Principais Ferramentas de Automação Robótica de Processos (RPA) e as características de ferramentas RPA.

Para a Automação Robótica de Processos usamos instâncias pré-configuradas de softwares que usam regras de negócio e atividades pré-definidas para completar a execução autônoma de uma combinação de processos, atividades, transações e tarefas em sistemas corporativos a fim de entregar um resultado ou serviço sem interação humana. O objetivo em usar RPA é aumentar a eficiência e produtividade através da redução de trabalho manual.

A implementação de RPA requer intervenção humana a fim de definir quais tarefas podem ser automatizadas e se mudanças em processos são necessárias para a automação (o consultor ou analista RPA é um profissional cada vez mais requisitado). Usamos então ferramentas RPA que tipicamente tratam dados estruturados e são “user-interface-based”, ou seja, não requerem programação. Ferramentas de RPA podem processar altos volumes de tarefas baseadas em regras incluindo manutenção de registros, consultas, cálculos e transações.

Automação Assistida x Automação Não Assistida

O software RPA pode soar intimidante e ameaçador, mas, na realidade, é uma solução extremamente prática para tarefas tradicionalmente demoradas. O objetivo das ferramentas RPA é automatizar processos que sempre exigiram que um humano executasse fisicamente a tarefa, mas não necessariamente exigia um pensamento estratégico. Existem dois tipos de automação que atuam nesse conceito: automação assistida e automação não assistida.

A automação assistida destina-se a tarefas que podem ser executadas de forma mais eficiente através do uso de bots RPA, mas ainda requerem intervenção humana de uma forma ou de outra. Durante instâncias de automação assistida, os usuários têm a ajuda de bots que são executados em segundo plano enquanto executam suas tarefas normais; no entanto, os bots são acionados por ações humanas e trabalham em colaboração com um funcionário humano. Essas ações executadas pelos bots ajudam a simplificar os fluxos de trabalho para o ser humano, capacitando-os a se concentrarem mais na tarefa crítica e estratégica em questão. Isso pode incluir ajudar um cliente no telefone ou trabalhar em novos produtos ou serviços, entre muitos outros usos.

Automação não assistida é usada em processos que não requerem intervenção humana. As empresas podem implantar bots para executar funções específicas sem pagar um funcionário para realizar a tarefa ou se preocupar com a possibilidade de erro humano que possa prejudicar todo o processo. Os bots autônomos são agendados pelo administrador do software RPA e são executados essencialmente despercebidos pelos funcionários da empresa. Alguns processos que são geralmente automatizados com bots autônomos incluem geração de relatórios financeiros ou entrada de dados em sistemas.

Por Que Usar Ferramentas de RPA?

Há várias razões para usar as ferramentas de RPA, mas a principal razão é que as empresas podem economizar tempo e recursos, liberando seus funcionários para executar tarefas mais estratégicas e críticas para os negócios. A automação está se tornando um aspecto fundamental da transformação digital e o software RPA tem a capacidade de simplificar a automação de processos para empresas. Ao implantar bots para executar rapidamente tarefas, as empresas podem se dar ao luxo de priorizar atividades e projetos que exigem poder do cérebro humano.

O software RPA é mais valioso para tarefas manuais e demoradas, como entrada de dados, que podem levar horas e centenas de cliques em um computador para um funcionário humano concluir. Os bots implantados em ferramentas RPA podem executar essas tarefas trabalhosas em uma fração do tempo em relação aos humanos. Isso não apenas economiza tempo dos funcionários das empresas, mas também poupa dinheiro ao não ter que pagar pelo trabalho humano.

Além disso, os bots RPA podem reduzir o erro humano ao executar determinadas tarefas. Por exemplo, ao gerar relatórios financeiros com base em dados do livro-razão geral, é essencial garantir precisão. Inserir até mesmo um número incorreto pode prejudicar as projeções orçamentárias e de previsão e enganar as partes interessadas. Ao utilizar o software RPA, os usuários podem garantir que o erro humano seja eliminado totalmente desse processo.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Funcionalidades Encontradas em Ferramentas RPA

Há várias funcionalidades que podem ser encontradas em softwares RPA, tais como a criação de fluxos de trabalho e processos que os bots irão realizar, os próprios bots e o gerenciamento e implantação desses bots. Abaixo listamos as funcionalidades mais comuns:

Fluxos de trabalho de arrastar e soltar (Drag and Drop) – Muitas ferramentas de RPA permitem que os usuários criem fluxos de trabalho visualmente com editores visuais de arrastar e soltar. Não há necessidade de codificar ações para os bots executarem. Isso beneficia os administradores que não têm um histórico altamente técnico. Em vez disso, eles podem criar visualizações semelhantes a fluxogramas que descrevem cada etapa de um processo que será eventualmente executado por um bot.

Gravação de fluxo de trabalho – Outra forma como as ferramentas RPA ajudam a simplificar a criação de processos é permitir que os usuários gravem a si mesmos executando tarefas manuais. Os bots RPA podem imitar as ações exatas executadas pelo usuário e executar as tarefas repetitivas e entediantes normalmente conduzidas por um funcionário humano.

Modelos pré-construídos – Para facilitar o trabalho dos desenvolvedores e administradores RPA, muitas ferramentas oferecem modelos de fluxo de trabalho pré-construídos para que os usuários possam criar processos rápidos e eficientes para os bots. Esses modelos fazem parte do ambiente de arrastar e soltar e gravação de fluxo de trabalho para garantir a simplicidade para os usuários.

Visão computacional e processamento de linguagem natural – Cada vez mais fornecedores de RPA possuem recursos de inteligência artificial e aprendizado de máquina incorporados em suas ferramentas. Esses recursos podem incluir visão computacional ou processamento de linguagem natural. Isso garante que o bot esteja entendendo as palavras e os ícones que ele vê durante as gravações do fluxo de trabalho e possa executar processos com precisão.

Integrações com aplicativos de negócios – As empresas geralmente implementam ferramentas de RPA para executar tarefas dentro de outros tipos de aplicativos de negócios, incluindo CRMs, sistemas de ERP e software de contabilidade, entre muitos outros. A capacidade de integrar e trabalhar em conjunto com esses sistemas é um recurso importante para o software RPA.

Programação de bots – Ser capaz de programar antecipadamente implantações de bot é uma característica essencial do software RPA. Os usuários podem determinar quando um determinado processo precisa ocorrer com base no tempo de um evento, ou uma ação humana pode acionar o bot para conduzir o referido processo.

Análise de desempenho de bot – não apenas a implantação e o agendamento de bots são importantes, mas a capacidade de rastrear o desempenho de bots é um aspecto crítico do software RPA. Muitas soluções de RPA oferecem análises e painéis para garantir que os bots estejam conduzindo os processos de maneira correta e eficiente.

7 Principais Ferramentas de Automação Robótica de Processos (RPA)

Já foram contabilizadas mais de 50 ferramentas RPA no mercado, além de soluções customizadas de diferentes empresas de consultoria como KPMG, IBM e Delloite. Abaixo você encontra o quadrante mágico do gartner com as principais ferramentas de RPA:

Embora todas as ferramentas estejam em evolução e possuam diferentes características, descrevemos abaixo as 7 principais ferramentas do mercado.

1. UiPath

A UiPath é uma empresa de ferramenta RPA que oferece soluções por setor, processo e tecnologia. Possui produtos como Plataforma, Studio, Robots e Orchestrator. O UiPath está sediado em Nova York, Estados Unidos, sendo atualmente a solução mais completa do mercado, atuando em setores como BPO, Finanças, Seguros, Saúde, Telecomunicações, Manufatura, Setor Público, Varejo e BPA.

A ferramenta processa Automação de Contas a Pagar, Automação de Processamento de Reivindicações de Seguros, Automação de Contact Center, Automação Financeira e Contábil e Automação de Prestador de Serviços de Saúde.

Se falamos sobre a solução por tecnologias, ela fornece soluções em automação de área de trabalho, automação da web, automação de GUI (Interface de Usuário), captura de tela, automação Citrix, automação de mainframe, automação SAP, automação do Excel e gravador de macro.

2. Blue Prism

A Blue Prism é uma das principais empresas de automação robótica de processos que inventou inicialmente o termo Robotic Process Automation (RPA). Ela fornece soluções com base em regras e automação manual, tornando-se uma força de trabalho digital de várias maneiras. A Blue Prism tem um papel importante em vários setores, como empresas de investimentos, grupos bancários, e-commerce, etc.

A ferramenta usa o framework .NET para construir sua plataforma e ajuda as empresas em vários aspectos, como evitar a repetição dos robôs, a conformidade absoluta com as políticas, a alta escalabilidade e a facilidade de uso. Fornece ainda recursos como Escalabilidade, Resiliência, Conformidade e Segurança. Suporta anda plataformas como JAVA, Windows, IBM Mainframe, Windows APP e WWW, para os provedores de serviços RPA.

3. Automation Anywhere

A Automation Anywhere é uma empresa de RPA que desenvolve o software Robotic Process Automation. A empresa está sediada na Califórnia, nos Estados Unidos. Tem poucos produtos como o Automation Anywhere Enterprise (RPA), o IQ Bot, o Bot Insight, o BotFarm e o Bot Store. Também usa tecnologia que consiste em RPA assistido e não assistido.

A Automation Anywhere fornece soluções em vários setores, como BPO, serviços financeiros, saúde, seguros, ciências biológicas, manufatura, setor público e telecomunicações. A empresa também tem presença na Ásia-Pacífico e na Europa.

4. Pegasystems

A Pegasystems é um dos principais fornecedores de RPA. É uma empresa sediada nos Estados Unidos que fornece soluções em Business Process Management, Automação de Processos Digitais e Customer Relationship Management. Tem escritórios na América do Norte, América do Sul, Ásia-Pacífico, Europa e Oriente Médio. De acordo com a Pega, possui 38 escritórios em todo o mundo.

Outros recursos da plataforma pega são Desenvolvimento de Aplicativos, Chatbots e Assistentes Virtuais, BPM e Gerenciamento de Caso, Gerenciamento de Decisões, DevOps e Testes, Inteligência da Força de Trabalho, Mobilidade e Automação Robótica. O aplicativo de gerenciamento de relacionamento com clientes da Pega tem experiência em marketing, automação de vendas, atendimento ao cliente e centro de decisões do cliente.

Existem três plataformas Pega conhecidas: Pega Robotic Automation, Pega Cloud e Pega Mobility. Também oferece soluções em setores como Serviços Financeiros, Seguros, Saúde e Ciências da Vida, Provedores de Serviços de Comunicações, Governo, Manufatura e Alta Tecnologia, Varejo, Mídia e Entretenimento, Transporte, Turismo e Energia.

5. NICE

A NICE possui poucos produtos, como automação robótica de processos, análise de desktops e automação assistida.

Também ajuda as empresas a identificar, otimizar e medir processos. O NEVA, um assistente virtual fornecido pela NICE, está ajudando as empresas a automatizar tarefas rotineiras, melhorar a adesão à conformidade e aumentar o volume de vendas.

6. Softomotive

Se falamos sobre o mercado de RPA em termos de soluções de conhecimento, a Softmotive é um dos principais fornecedores de automação robótica de processos e está entre os líderes de tecnologia de ponta. De acordo com um relatório sobre as empresas RPA, o Softmotive também é útil para pequenas empresas.

A empresa fornece um Relatório de Pesquisa de Transformação Digital que é útil para serviços compartilhados e também oferece benefícios de RPA e Automação. Desde 2005, está transformando o setor de automação robótica de processos. Fornece ainda soluções em automação de área de trabalho e automação corporativa. Desktop Automation significa Automação de todas as suas atividades baseadas na web e desktop.

Também integra dados do MySQL, Excel e vários outros bancos de dados que armazenam dados. O ProcessRobot é o produto amplamente utilizado da Softmotive. Fornece soluções em setores como BPO, Finanças, Seguros, Saúde, Telecomunicações, Manufatura, Setor Público, Varejo e BPA.

7. AutomationEdge

A AutomationEdge é um dos principais players do mercado de RPAs, que vem crescendo rapidamente ao fornecer automação de tecnologia da informação e soluções de automação robótica de processos, como Bots, Aprendizado de Máquina e Inteligência Artificial. Ajuda as empresas a realizar tarefas que envolvem regras repetitivas.

A AutomationEdge é uma empresa com sede nos EUA que está presente no Oriente Médio, Europa e Ásia-Pacífico. Como outras empresas de RPA, também oferece suporte a vários setores, como Transporte, Aviação e Financeiro. Juntamente com essas soluções, também oferece soluções para o F3 RPA Bot e RPA na nuvem.

Tem vários clientes como a Genpact, o Mashreq Bank, o Smart Dubai Government, a HDFC Life, a ICICI Lombard, a Coty, a Capita, a American Express e muitos mais.

O mercado de RPA está cada vez mais maduro e tudo que puder ser automatizado, será. De que lado você vai querer estar? Do lado dos que terão seu trabalho automatizado ou do lado dos consultores que estarão implantando as soluções de automação e administradores que estarão administrando as soluções? Pense nisso!

Junto com Blockchain e Inteligência Artificial, RPA é uma das tecnologias mais promissoras para os próximos anos. A automação já é uma realidade e de que lado você quer estar? Daqueles que terão seu trabalho automatizado ou daqueles que estarão implementando as soluções automatizadas? Pense nisso!

E se fosse possível aprender RPA em um curso 100% online e 100% em português, com alto padrão de qualidade e podendo aplicar imediatamente em sua empresa ou clientes tudo que você aprender no curso? Acompanhe os próximos artigos da série sobre RPA para descobrir!

Benefícios da robótica na automação industrial

A robótica é uma ciência relacionada à montagem e programação de robôs com dispositivos programáveis e multifuncionais para processos automatizados. A automação é um conjunto de tecnologias para a automatização das atividades e controles de processos produtivos.

Na automação industrial, os robôs industriais aprimoram as atividades de aplicações de solda, corte, movimentação de materiais, entre muitas outras. Isso melhora a qualidade dos produtos e, ao mesmo tempo, reduz os custos, principalmente a médio e longo prazo.

Além disso, a contratação de profissionais voltados para planejamento e adaptação das linhas de produção é fundamental para a qualidade da montagem industrial. Consequentemente, isso reflete nos produtos.

A relação entre robótica e automação

A automação industrial tem como principal objetivo a criação de mecanismos que sejam capazes de produzir melhor com custos menores. Para uma fábrica de embalagens personalizadas, por exemplo, isso significaria produzir itens mais duráveis com menos investimento. Entretanto, os projetos de implantação da automação são elaborados com enfoque nas necessidades especiais das unidades fabris.

Um sistema automatizado é aquele em que as tarefas de produção são transferidas a um conjunto de sistemas mecânicos. Em uma fabricante de painéis elétricos, por exemplo, a automação com robôs pode ser aplicada na solda de placas e elementos dos painéis. Essa modificação garante maior agilidade, precisão, e também reduz as chances de desperdício de materiais.

Os projetos são feitos visando sempre a manutenção da segurança e a qualidade dos produtos e processos. Os benefícios da robótica estão em diversos ramos da indústria: na produção, geração e distribuição de energia, deslocamento de produtos e outras operações.

Os robôs, característicos da chamada Terceira Revolução Industrial, são projetados para atividades que exigem de esforços repetitivos, como: movimentos com precisão, resistência, rapidez e força. Além dos robôs industriais, há modelos colaborativos, que trabalham “em parceria” com os colaboradores das fábricas.

Operações impossíveis de controlar intelectualmente ou manualmente são realizadas mais facilmente pelos robôs.

Para concluir, ao aplicar os benefícios trazidos pela robótica, as tarefas são simplificadas. Dessa maneira, os operadores não precisam realizar tarefas muito repetitivas ou que demandem esforço físico para os processos de produção.

Vantagens da robótica na automação industrial

A automação industrial representa muitas vantagens. A tecnologia torna as empresas competitivas, devido aos efeitos positivos nos produtos, locais de trabalho e na produtividade. Portanto, ao implantar sistemas de automação com máquinas robotizadas, é possível observar os seguintes benefícios:

  1. Maior segurança para tarefas de risco;
  2. Redução de custos de produção;
  3. Possibilidades de análises de controle de qualidade;
  4. Alta na produtividade industrial.

1. Maior segurança para tarefas de risco

A robótica na automação industrial elimina tarefas consideradas perigosas. Isso contribui para diminuir a quantidade de colaboradores humanos nas empresas de usinagem, por exemplo.

Os sistemas automatizados são projetados para auxiliar na segurança. Com sensores e alarmes para alerta em situações adversas, evita acidentes que poderiam causar insalubridade aos funcionários.

Os projetos seguem normas regulamentadoras rigorosas, obrigando os empreendimentos a seguirem as práticas de segurança. Elas visam extinguir as situações de riscos. Com isso, contam uma série de soluções de robótica, além de outros tipos de dispositivos.

2. Redução de custos de produção

O investimento com equipamentos robotizados e de automação pode até representar um grande gasto inicial com a contratação de empresa de montagem industrial, mas compensa a médio e longo prazo.

Os equipamentos costumam ter longa vida útil, de acordo com a natureza de cada um. A durabilidade também depende da regularidade das manutenções preventivas, cuidados durante o uso e emprego adequado para as atividades. Por isso resultam em redução de custos na produção de peças e objetos.

3. Análises de controle e qualidade

Na realização de operações mecânicas, os robôs garantem movimentos sempre iguais, resultando em mais qualidade nas linhas de produção. Os maquinários, diferentemente dos fatores humanos, apresentam menos riscos de falhas ou fabricação de peças com qualidade inferior ao padrão.

Para ilustrar, empresas de esquadrias de alumínio, conseguiriam diminuir os desperdícios, já que a precisão e eficiência dos processos de fabricação é muito maior com a automação. Assim, é possível reduzir a perda de tempo, evitar ações ou movimentações desnecessárias e materiais perdidos em peças defeituosas.

Além disso, a integração dos maquinários com tecnológicos sistemas de gestão permite a customização das programações. Isso é muito importante porque a geração de dados sobre as atividades auxilia na realização de análises de controle de qualidade. Essas informações são fundamentais para melhorias nos projetos dos produtos.

A produção e os testes e verificações sobre o funcionamento da linha produtiva também podem ser automatizados. Isso não contribui somente para aumentar o controle de qualidade, mas também para um produto final adequado.

Ou seja, a implementação de novas tecnologias otimiza o controle das linhas de produção.

4. Alta na produtividade industrial

A robótica na automação industrial é implantada para aumentar a produtividade, garantir agilidade às atividades mecânicas e aumentar a qualidade.

A robótica permite a execução das tarefas mecânicas de forma precisa. Também é possível programar o ritmo de acordo com a necessidade da produção.

Afinal, uma maior quantidade de peças no menor tempo possível gera lucros para o projeto.

Dicas para automatizar os processos com eficiência

Diante dos benefícios da robótica para as indústrias, a implantação das tecnologias se tornou uma das prioridades de muitas unidades fabris.

A administração qualquer negócio sem o auxílio de softwares de gestão e controle, torna-se impossível. É essencial o controle permanente sobre estoques, logística, vendas e indicadores financeiros, além da produção.

Porém, é recomendado certo cuidado na automatização de processos e contratação de empresas de automação industrial, que envolvem:

  • Mapear todos os processos internos e subprocessos para visualização;
  • Identificação de gargalos, duplicidades, atividades que não agregam valor;
  • Desenvolvimento de processos mais eficientes, menos frágeis, com menos desperdícios;
  • Buscar fornecedores capazes de fazer propostas adequadas ao negócio;
  • Definir um cronograma de implantação, dividido em etapas;
  • Prever testes, para localizar e corrigir possíveis problemas;
  • Designar uma equipe multidisciplinar e qualificada para conduzir o projeto;
  • Manter o foco nas melhorias dos produtos e nos clientes;
  • Programar treinamentos para garantir a utilização correta dos sistemas automatizados;
  • Estabelecer indicadores de desempenho para controles de qualidade;
  • Monitorar constantemente os resultados e impactos da implementação.

Seguir essas dicas garante uma implantação de sistemas de automação adequada com robôs industriais.

Para contratação do serviço de empresas especializadas, deve ser feita, primeiramente, a consulta das principais condições do mercado. Recomenda-se atenção total ao planejamento e realização de um projeto adequado para a situação.

Por fim, os benefícios da robótica trazem inúmeras tecnologias que ocasionam em produtividade para a planta industrial.

Esse texto foi desenvolvido pela equipe do blog Guia de investimento, que possui centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Automação Robótica de Processos

No mundo dos negócios, as palavras produtividade, rapidez e eficiência são muito comuns. Essas são algumas características exigidas pelo mercado em relação às organizações, independente do tamanho ou setor. Porém, alcançar a produtividade e eficiência desejada pode ser difícil quando os processos internos exigem a realização de muitas tarefas e operações ao mesmo tempo.

Essas atividades de negócio hoje podem ser repetitivas para muitos funcionários, como troca de e-mail com mensagens pré-programadas, inserção de informações pré-estabelecidas no sistema, execução de comandos contínuos e outras ações que por serem muitas vezes mecânicas são realizadas em conjunto com outras que exigem mais interatividade do funcionário, podendo ocasionar uma série de erros operacionais.

Robotic Process Automation, Automação Robótica de Processos, ou simplesmente RPA – é uma tecnologia que tem o propósito de executar as tarefas e atividades rotineiras, da mesma maneira que um funcionário comum faria. Mesmo com o termo “robô” associada à tecnologia, RPA não é uma máquina com aspecto humano, mas um software que interage com o sistema executando tarefas, estruturando dados e muitas outras atividades costumeiras e repetitivas.

Estes “robôs” podem se responsabilizar por procedimentos e eventos programados para serem diariamente executados. Uma responsabilidade que antes era agregada a um funcionário que tinha que reservar tempo das suas obrigações para efetuar as atividades do sistema, hoje pode ser destinada a um RPA, enquanto o funcionário tem mais tempo para se dedicar à atividades que (ainda) não pode ser executada por esses robôs, como tarefas ligadas a criatividade. Vale lembrar que, pelo fato de executar tarefas repetitivas automaticamente, o uso de RPA só é interessante para organizações que possuem boa maturidade em seus processos de negócio.

Os softwares robôs podem ser construídos para executar e resolver problemas específicos, e inúmeros tipos de organizações podem tirar proveito de incluírem RPA em seus processos de negócio. Instituições financeiras, indústrias e empresas de TI são alguns exemplo de setores que podem se beneficiar do RPA para executar tarefas, acelerando procedimentos que podem consequentemente agilizar a entrega de respostas que funcionários precisam para a tomada de decisão, tornando todo o processo mais eficiente e rápido.

A modelagem de processos através de RPA permite a execução de tarefas de forma mais rápida e eficiente do que fosse executada por uma pessoa. No entanto, o RPA não substitui os seres humanos, pois a tecnologia não possui capacidade de executar atividades que requerem uma tomada de decisão para serem concluídas. Por se tratar de robôs, pode ser fácil associa-los com Inteligência Artificial, ou AI. Entretanto, vale frisar que se trata de tecnologias diferentes. AI toma decisões e aprende com tudo que executa, enquanto que o software robô não possui habilidade de aprender nada com suas tarefas, apenas executa aquilo ao qual foi programado para executar. Além disto, os robôs em RPA são programados para atuar utilizando as aplicações e serviços disponíveis no sistema.

Algumas fabricantes destes softwares robôs já pensam em inserir módulos que consigam entender e estruturar dados, resolver problemas e aprender com estes. Ainda que essas funcionalidades ainda não sejam encontradas na maioria dos RPAs disponíveis no mercado, no futuro podem se tornar funcionalidades comuns.

Alguns dos benefícios de empregar RPA nos processos de uma organização:

  • Redução de custos : é mais barato empregar um robô do que contratar uma pessoa para executar atividades simples e repetitivas;
  • Produtividade : um robô pode trabalhar 24 horas por dia, sem necessidade de interrupções;
  • Satisfação dos funcionários : empregados que antes faziam as tarefas repetitivas e monótonas podem se dedicar a atividades mais desafiadoras e mais importantes;
  • Diminuição dos riscos : softwares executam exatamente aquilo lhes foi programado, e isso reduz a chance de erros nas tarefas executadas;
  • Melhorias em processos : os processos serão realizados mais rapidamente;
  • Auditoria : o software mantém logs de todas as atividades executadas, contribuindo com evidências para uma auditoria.
  • Consistência : como o robô é programado para executar as tarefas de uma mesma maneira, então todas as execuções terão sempre o mesmo resultado.

O robô pode ser desenvolvido internamente, mas é possível também terceirizar essa atividade, contratando uma ferramenta de terceiros e configurando-a para atender as necessidades do cliente que a adquire. Por mais que seja uma ferramenta de TI, ela deve estar sob supervisão do departamento que terão seus processos automatizados. Um dos motivos para essa abordagem é que o departamento de TI pode não ser capaz de entender se de fato o robô está fazendo corretamente a inclusão de dados em uma planilha do RH, já que este conhecimento é exclusivo daquele departamento. Desenvolvendo o robô internamente ou não, a área que usará o software deve participar no planejamento do processo de inseri-lo no sistema.

Antes de adotar de fato a tecnologia deve se considerar os seguintes aspectos:

  1. Alinhar o que será esperado do software : definir quais atividades do processo o robô irá realizar, em que frequência e quais os resultados esperados de suas execuções;
  2. Escolher o melhor processo a ser automatizado : utilizar RPA para automatizar todos os processos e atividades pode causar mais problemas do que resolver os existentes. Os funcionários do setor e a equipe de TI devem ter um tempo para conhecer e se adaptar à nova tecnologia antes de que seja implementada nos processos adequados, lembrando que estes sejam apenas rotineiros e que não necessitem de intervenção humana;
  3. Entender o investimento : adoção de um RPA irá reduzir custos, mas primeiramente para adquirir ou construir internamente o software resultará em um investimento inicial que pode ser ou não viável no momento;
  4. Não escolher processos problemáticos : se algum processo precisa ser revisado ou refeito, o RPA não será capaz de ser aderente a esse processo. Nesse caso, cabe a organização ajustar estes processos antes de inserir um robô para executar as atividades associadas;
  5. Preparar os funcionários : a adição de uma nova tecnologia pode assustar funcionários antigos e fazê-los temer por seus empregos. Uma boa prática seria ajudá-los a entender os benefícios da implementação do software tanto para organização quanto para o desenvolvimento profissional deles;
  6. Avaliar a melhor plataforma : existem inúmeros fabricantes de soluções RPA no mercado, e deve-se analisar qual destes de fato atende as necessidades do negócio e que possui as funcionalidades desejadas.
  7. Testar : crie um ambiente de teste antes da implantação de fato. Neste caso, o objetivo é saber antes da aquisição do software, e a consequente mudança nos processos que a solução irá trazer, se a organização possui maturidade suficiente para se adequar a tecnologia, para que não haja desperdício de dinheiro e tempo com uma ferramenta ao qual a organização ainda não está preparada para lidar.

Toda tecnologia traz mudanças, mas muitas vezes ótimos benefícios. Devido a isto, é de suma importância que a administração se certifique se realmente se deseja abraçar essa tecnologia com todas as vantagens e transformações que ela pode proporcionar.

Melhorar processos é um objetivo comum das organizações. Neste contexto, uma ferramenta RPA consegue esse objetivo retirando das mãos humanas operações rotineiras e as transferindo para robôs virtuais para executarem as tarefas com mais eficiência e rapidez. RPA é uma ferramenta de automação, que ao ser implementada pode trazer produtividade, eficiência e agilidade para organização, beneficiando a todos sem substituir a importância do trabalho humano.

Os melhores corretores de opcoes binarias 2020:
  • FinMax
    FinMax

    O melhor corretor!
    Conta demo gratuita e treinamento para iniciantes!
    Inscreva-se bonus!

  • Binomo
    Binomo

    Corretor de opcoes binarias confiavel! Boa resposta!

Quanto você pode ganhar em opções binárias?
Deixe uma resposta

;-) :| :x :twisted: :smile: :shock: :sad: :roll: :razz: :oops: :o :mrgreen: :lol: :idea: :grin: :evil: :cry: :cool: :arrow: :???: :?: :!: